Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quarta-feira, 30 de agosto de 2017. Atualizado às 21h38.

Jornal do Comércio

Esportes

COMENTAR | CORRIGIR

Primeira Liga

Alterada em 30/08 às 21h41min

Londrina vence Fluminense, elimina atual campeão e está na semi da Primeira Liga

O Londrina eliminou o atual campeão da Copa da Primeira Liga. Nesta quarta-feira, o time paranaense venceu o Fluminense pelo placar de 2 a 0, continuou com 100% de aproveitamento e carimbou a sua vaga para a semifinal, em partida realizada no estádio do Café, em Londrina (PR).
Classificado, o Londrina aguarda o confronto entre Cruzeiro e Grêmio, que acontecerá ainda nesta quarta-feira, em Belo Horizonte, para saber o seu próximo adversário. O jogo será neste domingo.
Com cinco jogadores que estiveram em campo no clássico contra o Vasco, além de equatoriano Sornoza, de volta ao time titular após três meses se recuperando de uma fratura, o Fluminense usou o duelo contra o Londrina para dar ritmo de jogo aos atletas. Apesar da equipe alternativa, foi melhor, mas encontrou um adversário cirúrgico pela frente.
O Londrina saiu para o intervalo com o resultado positivo por ter aproveitado a única chance que teve no primeiro tempo. Aos 41 minutos, Celsinho recebeu de Germano, passou por três marcadores do Fluminense e deixou Carlos Henrique na cara do gol. O atacante ganhou a dividida com o goleiro Júlio César e colocou a bola no fundo das redes.
O Fluminense apareceu com perigo em duas oportunidades. Na cobrança de escanteio de Sornoza, Henrique cabeceou rente à trave. Depois foi a vez de Marcos Junior partir em velocidade pela direita e cruzar, mas ninguém chegou para empurrar.
Em vantagem, o time paranaense voltou para o segundo tempo totalmente recuado. Sem espaço, o Fluminense abusava dos cruzamentos e acabou dando o contra-ataque para o adversário. Aos 21 minutos, Celsinho lançou Carlos Henrique na velocidade, mas Júlio César saiu da área para cortar.
Apesar da posse da bola estar com o Fluminense, o Londrina usou a bola parada para decretar a classificação. Aos 33 minutos, Patrick Vieira cobrou escanteio na cabeça de Germano. O volante testou firme para defesa de Júlio Cesar. Na sobra, Carlos Henrique deu números finais ao confronto.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia