Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, segunda-feira, 21 de agosto de 2017. Atualizado às 22h57.

Jornal do Comércio

Esportes

COMENTAR | CORRIGIR

Grêmio

Notícia da edição impressa de 22/08/2017. Alterada em 21/08 às 21h51min

Bolzan aponta semana decisiva para Bolaños

Atacante vem de um longo período sem ser relacionado para os jogos

Atacante vem de um longo período sem ser relacionado para os jogos


LUCAS UEBEL/LUCAS UEBEL/ GRÊMIO FBPA /DIVULGAÇÃO/JC
Após o anúncio da parceria da rede de hotéis Laghetto, que irá estampar a camisa tricolor e hospedar os atletas do Grêmio antes dos jogos em Porto Alegre, o presidente Romildo Bolzan Júnior falou de um assunto que hoje divide atenção com a semifinal da Copa do Brasil: Miller Bolaños. O equatoriano pediu ao técnico Renato Portaluppi para não atuar no domingo, mesmo não tendo nenhum problema físico o impedindo. O treinador falou que não conta mais com o atacante por falta de comprometimento, o que foi reforçado com palavras mais incisivas pelo dirigente.
"Se ele não quiser ficar no Grêmio, teremos que ver uma alternativa para compensarmos o investimento. Esta semana nós vamos definir qual a posição do Bolaños em relação ao clube. Se (o jogador) quiser acreditar nele, como nós acreditamos, e se comprometer, tem muito espaço conosco", disse Bolzan.
Maior contratação gremista nos últimos anos, o equatoriano custou R$ 20 milhões aos cofres do clube. Depois de um início animador, veio a lesão na mandíbula, em choque com William no Grenal. Bolaños voltou a jogar no fim do ano passado e começou a temporada em alta, sendo um dos artilheiros do Gauchão. Na sequência, começaram as lesões (nem sempre bem explicadas( e as ausências nas listas de relacionados para as partidas.
Dentro de campo, o time está praticamente definido para encarar o Cruzeiro, amanhã, pela partida de volta das semifinais da Copa do Brasil. A única dúvida é sobre a reposição do zagueiro Pedro Geromel, afastado por lesão muscular. A tendência é de que Bressan assuma a vaga. Já Marcelo Oliveira, que sofreu uma lesão muscular na coxa direita no jogo contra o Atlético-PR, pelo Brasileirão, ficará afastado por pelo menos três semanas.
 
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia