Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, domingo, 20 de agosto de 2017. Atualizado às 19h34.

Jornal do Comércio

Esportes

COMENTAR | CORRIGIR

Campeonato brasileiro

20/08/2017 - 19h35min. Alterada em 20/08 às 19h36min

Emerson Sheik brilha e Ponte Preta vence time misto do Botafogo

Em uma tarde chuvosa e inspirada de Emerson Sheik, a Ponte Preta reencontrou o caminho das vitórias ao bater o Botafogo por 2 a 1, no Moisés Lucarelli, pela 21ª rodada do Campeonato Brasileiro. O experiente atacante marcou os dois gols do time de Campinas, sendo o último deles aos 42 minutos do segundo tempo.
A Ponte, que não vencia há quatro jogos, agora não sabe o que é perder há quatro rodadas e se distanciou da zona de rebaixamento, subindo para o meio da tabela, com 27 pontos, um a menos do que o Botafogo, que entrou com um time quase todo reserva por conta do jogo da próxima quarta-feira, contra o Flamengo, pelas semifinais da Copa do Brasil.
Em busca da vitória para acabar com a sequência negativa, a Ponte Preta abriu o placar logo aos 13 minutos. Danilo Barcelos cobrou escanteio, a bola passou por todo mundo e encontrou Emerson Sheik na segunda trave. O atacante dominou e estufou as redes de Jefferson, que nada pôde fazer.
A alegria durou apenas sete minutos. Lucca derrubou Arnaldo dentro da área e o árbitro assinalou pênalti, convertido por Brenner. A bola ainda tocou na trave antes de entrar. A Ponte sentiu o empate e o Botafogo teve algumas chances de virar. Na melhor delas, Brenner, dentro da pequena área, mandou na rede pelo lado de fora. No último lance, Danilo Barcelos chutou de virada e Jefferson fez grande defesa.
Apesar de a Ponte ter voltado com o atacante Léo Gamalho no lugar do volante Jean Patrick, quem criou as primeiras oportunidades do segundo tempo foi o Botafogo, através de Bruno Silva e Joel Carli. O time campineiro respondeu em três chutes seguidos de Felipe Saraiva, mas Jefferson fez boas defesas.
Nos minutos finais, a Ponte fez uma blitz e Elton desperdiçou uma chance incrível dentro da pequena área ao chutar por cima do travessão. Quando parecia que o jogo terminaria empatado, Emerson Sheik acertou um lindo chute de primeira e de fora da área, dando a vitória ao time campineiro aos 42 minutos.
Os dois times voltam a campo no próximo domingo, pela 22.ª rodada. A Ponte Preta recebe o Atlético-MG, às 16 horas, no Moisés Lucarelli, em Campinas. No mesmo horário, o Botafogo enfrenta o Bahia, na Fonte Nova, em Salvador.
Ponte Preta 2 x 1 Botafogo
Aranha; Nino Paraíba, Marllon, Luan Peres e Danilo Barcelos; Naldo, Elton, Jean Patrick (Léo Gamalho) e Léo Artur (Felipe Saraiva); Emerson Sheik e Lucca (Luis Ali). Técnico: Gilson Kleina.
Jefferson; Arnaldo, Joel Carli, Emerson Santos e Gilson; Dudu Cearense, Bruno Silva, Leandrinho (Fernandes depois Wenderson), Marcos Vinícius e Leo Valencia (Rodrigo Pimpão); Brenner. Técnico: Jair Ventura.
Árbitro: Dewson Fernandes Freitas da Silva (PA).
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia