Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, terça-feira, 29 de agosto de 2017. Atualizado às 10h43.

Jornal do Comércio

Expointer 2017

COMENTAR | CORRIGIR

Agricultura familiar

28/08/2017 - 13h32min. Alterada em 29/08 às 10h45min

Queijo mineiro campeão na França é atração na Expointer

EXPOINTER 2017
Matéria sobre agroindústria familiar com presença de expositores de Minas Gerais.
na foto: Joel Leite, Queijo da Roça - MG

Queijo de Joel Leite foi único brasileiro com medalha Super Ouro do Salão Mundial do Queijo


JONATHAN HECKLER/JC
Guilherme Daroit
Entre as seis agroindústrias mineiras que expõem no Pavilhão da Agricultura Familiar na 40ª Expointer, uma delas chama a atenção por ostentar rosetas semelhantes às dadas aos animais grandes campeões da feira. O prêmio exibido por Joel Leite, da Fazenda Caxambu, de Sacramento (MG), porém, é mais incomum.
Seu queijo minas artesanal com mofo é o único brasileiro com a medalha Super Ouro do Salão Mundial do Queijo, conquistada na última edição, realizada na França em junho. Só quinze dos mais de 700 inscritos ganharam a distinção, e podem dizer, sem hipérbole, que são os melhores queijos do mundo.
“O prêmio abriu portas para todos os lados, começamos a vender para São Paulo, Rio de Janeiro, Paraná”, conta Leite, que toca o negócio com sua família. Com a procura em alta, a produção não dá conta. Em Esteio, só há dois exemplares do queijo campeão – o avaliado na França, trazido como troféu, e outro, mais fresco, para exibição. Leite garante, porém, que um carregamento sai de Minas nesta terça-feira para abastecer seu estande no Pavilhão da Agricultura Familiar, que vende, por enquanto, os outros tipos de queijo produzidos pela família.
Mas até o fim de semana devem estar disponíveis unidades do queijo premiado, com preço de R$ 80,00 para 700 a 800 gramas. O produtor recomenda que quem quiser comprar envie mensagem pelo Facebook - https://www.facebook.com/senzalaqueijo/.  
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia