Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quinta-feira, 17 de agosto de 2017. Atualizado às 00h24.

Jornal do Comércio

Economia

COMENTAR | CORRIGIR

Conjuntura Internacional

Notícia da edição impressa de 17/08/2017. Alterada em 16/08 às 20h53min

Ministro de Finanças da Alemanha faz defesa do BCE

O ministro das Finanças alemão, Wolfgang Schaeuble, defendeu ontem o Banco Central Europeu (BCE), dizendo que não compartilha da opinião da Corte Constitucional da Alemanha de que a autoridade monetária poderia estar descumprindo a lei com o programa de relaxamento quantitativo (QE, na sigla em inglês).
"Eu acredito que o mandato do BCE está sendo implementado", disse Schaeuble durante um jantar, de acordo com o jornal econômico Handelsblatt. Schaeuble não é conhecido por usar palavras gentis para se referir ao BCE e já chegou a culpar a autoridade monetária pela ascensão de partidos de extrema direita.
 
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia