Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, segunda-feira, 10 de julho de 2017. Atualizado às 20h48.

Jornal do Comércio

Política

COMENTAR | CORRIGIR

crise política

10/07/2017 - 20h52min. Alterada em 10/07 às 20h53min

Manifestantes fecham um sentido da Avenida Paulista em protesto contra Temer

A Avenida Paulista, em São Paulo, está com o fluxo interrompido no sentido Paraíso, informou a assessoria de imprensa da Polícia Militar, em função de uma manifestação contra a permanência de Michel Temer na Presidência da República e a reforma trabalhista.
Uma manifestação convocada pela frente Povo Sem Medo acontecia no vão livre do Museu de Arte de São Paulo (Masp), quando, por volta das 19h50, o grupo passou a ocupar todas as pistas da avenida no sentido da Zona Sul. Objetos foram incendiados e os bombeiros foram chamados para conter as chamas.
O grupo informou a Polícia Militar que pretende seguir em caminhada até o diretório do PMDB na capital paulista, localizado na Rua Manuel da Nóbrega, no bairro do Paraíso.
Há pouco, os manifestantes já haviam deixado a Avenida Paulista, mas o fluxo de veículos ainda estava interrompido, enquanto os bombeiros continham pequenos focos de incêndio na pista.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia