Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, sexta-feira, 21 de julho de 2017. Atualizado às 10h00.

Jornal do Comércio

Internacional

COMENTAR | CORRIGIR

Terremoto

21/07/2017 - 10h01min. Alterada em 21/07 às 10h04min

Terremoto de magnitude 6,5 atinge mar Egeu e deixa 2 mortos na Grécia

O primeiro abalo ocorreu à 1h52min (horário local) e chegou a provocar um pequeno tsunami

O primeiro abalo ocorreu à 1h52min (horário local) e chegou a provocar um pequeno tsunami


DOGAN NEWS AGENCY/AFP/JC
Folhapress
Um terremoto de magnitude 6,5 atingiu nesta sexta-feira (21, noite de quinta, 20, no Brasil) o mar Egeu entre o sul da Turquia e as ilhas gregas. Pelo menos duas pessoas morreram e 200 ficaram feridas na ilha grega de Kos, incluindo turistas de várias nacionalidades. Na Turquia, 70 pessoas foram levadas ao hospital da cidade Bodrum com ferimentos leves.
Um turista turco e um sueco foram as vítimas do terremoto. Segundo o prefeito de Kos, Georges Kiritsis, as duas pessoas estavam em um bar no térreo de um prédio no centro histórico da cidade cujo teto desmoronou. Diversos prédios da região também foram afetados.
Equipes de resgate buscam pessoas que possam estar presas em meio aos escombros. Houve danos também em uma mesquita, uma fortaleza e no porto, o que impedirá a atracação de uma balsa vinda da ilha de Rodes.
Centenas de turistas preferiram dormir do lado de fora dos hotéis pelo medo de novas réplicas -foram 20 desde o primeiro tremor. O prefeito disse ter pedido o apoio do Exército e dos serviços de emergência.
O terremoto atinge a região do mar Egeu no meio do alto verão, quando a região está cheia de turistas. O primeiro abalo ocorreu à 1h52min (19h52min de quinta) a 16 km de profundidade e chegou a provocar um pequeno tsunami.
Kos está a 16,2 km do epicentro do tremor, que também atingiu outras ilhas do Dodecaneso e as cidades turcas de Datça, Mugla, Turgutreis e Bodrum. A última é conhecida por ser parte da rota de refugiados rumo à Europa.
Do lado turco, as autoridades afirmam que prédios mais antigos estão com profundas rachaduras. Outras cidades tiveram feridos leves e danos reduzidos às construções.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia