Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, sexta-feira, 28 de julho de 2017. Atualizado às 12h13.

Jornal do Comércio

Geral

COMENTAR | CORRIGIR

Acidente

27/07/2017 - 19h49min. Alterada em 27/07 às 19h50min

Dois operários morrem após desabamento em São Leopoldo

Acidente na construção ocorreu por volta das 17h desta quinta-feira

Acidente na construção ocorreu por volta das 17h desta quinta-feira


BRIGADA MILITAR/DIVULGAÇÃO/JC
A marquise de um prédio em construção desabou na tarde desta quinta-feira (27) na região central de São Leopoldo, na Região Metropolitana de Porto Alegre, deixando pelo menos duas pessoas mortas e três gravemente feridas. As vítimas foram levadas ao Hospital Centenário.
Segundo o Corpo de Bombeiros do município, o acidente ocorreu por volta das 17h. Todas as vítimas eram operários e trabalhavam no local.
O prédio, um edifício residencial, está localizado em frente à rótula das avenidas Feitoria com São Borja, no Centro do município. De acordo com a TV Record, a queda da marquise atingiu apenas os trabalhadores da obra, já que a estrutura desabou dentro da área protegida pelos tapumes. 
Em nota, a prefeitura de São Leopoldo disse que "lamenta profundamente a perda de vidas de trabalhadores e pelos feridos no acidente". E afirmou ainda que "a obra foi devidamente licenciada e conta com seus próprios responsáveis técnicos, tanto pelo projeto quanto pela execução".
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Daniel Larios 28/07/2017 08h33min
Esta obra já deveria ter sido embargada, caso o poder público funcionasse. Morrem trabalhadores no Brasil como se nada tivesse acontecido. Onda esta o Ministério do Trabalho? Estamos perdidos nesse grande e amada Brasil, nas mãos desse corrupto governo ... Sou TST e peço que o governo acorde para a realidade dos trabalhadores, infelizmente a classe mais abandonada dessa nação.
CLAUDIA VENTURELLA 27/07/2017 20h51min
prefeito sente muito ,,,,piada porque não foi ninguém da família dele......morrem por falta de segurança,deixam esposa ,filhos e família,,,que sofram vcs. deve pensar muitos.meus sentimentos.n