Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, segunda-feira, 31 de julho de 2017. Atualizado às 22h30.

Jornal do Comércio

Economia

COMENTAR | CORRIGIR

Consumo

Notícia da edição impressa de 01/08/2017. Alterada em 31/07 às 22h04min

Maioria do setor atacadista espera obter crescimento real em 2017

A maioria dos participantes do comércio atacadista projeta crescimento em 2017 acima da inflação em termos reais, aponta pesquisa realizada pela Serasa Experian. Conforme o levantamento, 29% avaliam que o desempenho do negócio deve ser até 5% superior em relação à inflação. Outros 25% projetam crescimento real entre 5% e 10%, enquanto 13% esperam registrar ganhos reais acima de 10% no ano. Por outro lado, 26% dos empresários consultados esperam que o resultado acompanhe a inflação, com crescimento real de 0%, e os demais 6% esperam queda real.
A expectativa de crescimento acima da inflação pela maioria dos consultados, entretanto, não se reflete nos planos de investimentos, indica a Serasa Experian. Mais da metade (51%) relata que a previsão é de investimentos apenas para preservação da operação, sem foco em expansão. Já outros 27% pretendem expandir os negócios; 11% vão destinar capital à modernização da empresa; e 1% projeta outros investimentos. A parcela de entrevistados que não farão nenhum aporte no negócio corresponde a 10% do total.
Para a elaboração da pesquisa, a Serasa Experian consultou 177 gestores de empresas do setor.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia