Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, sexta-feira, 11 de maio de 2018.

Jornal do Comércio

Economia

COMENTAR | CORRIGIR

Energia

Notícia da edição impressa de 26/07/2017. Alterada em 26/07 às 11h11min

Curso sobre energia solar será aberto em Porto Alegre

Rio Grande do Sul possui cerca de 1,3 mil unidades consumidoras

Rio Grande do Sul possui cerca de 1,3 mil unidades consumidoras


/ELETROSUL/DIVULGAÇÃO/JC
Jefferson Klein
O crescimento do uso da energia fotovoltaica no País implica a necessidade de qualificação de mão de obra para comercializar e instalar os sistemas e painéis que geram eletricidade a partir do sol. Observando esse potencial de mercado, será realizada, de 31 de julho a 5 de agosto, em Porto Alegre, a ação Rota Solar 2017, que abrirá cursos relativos a essa área.
O objetivo é formar pessoas em três diferentes áreas de conhecimento: vendas, projetos de engenharia e instalação dos kits de energia fotovoltaica. O aluno pode escolher fazer todos os cursos ao mesmo tempo ou o que mais é adequado ao seu interesse. O instrutor da Rota Solar 2017, engenheiro Carlos Café, adianta que, por exemplo, é mais produtivo se a pessoa já tiver uma formação básica na área de eletricidade ou de negócios para facilitar a assimilação do conteúdo. No entanto não existe um pré-requisito para participar. O principal público-alvo é constituído de engenheiros, arquitetos, representantes comerciais, entre outros.
Os cursos acontecerão na sede da Plenobras (distribuidora de equipamentos para esse setor), na rua Voluntários da Pátria, 2.035. As aulas começarão às 7h30min e entrarão nos períodos da tarde e, algumas vezes, da noite. Inscrições, valor individual de cada curso e o conteúdo programático podem ser acessados no site www.rotasolar.com.br.
A iniciativa é desenvolvida por três empresas que atuam no segmento, a Academia Solar, Táticas e Sices. A ideia é que a Rota Solar seja estendida posteriormente para cidades de outros estados nos próximos dois anos. Entre os municípios que também receberão o curso estão Natal, Fortaleza e Rio de Janeiro. Café explica que entre os fatores que fizeram com que Porto Alegre fosse escolhida para inaugurar a Rota Solar está o mercado gaúcho para a atividade, que é superado apenas pelo de Minas Gerais e de São Paulo.
O Rio Grande do Sul tem posição de destaque com cerca de 1,3 mil unidades consumidoras que possuem suas gerações solares. Hoje, o Brasil registra em torno de 12 mil consumidores conectados à rede gerando a própria energia com o sol, totalizando pouco mais de 90 MW (aproximadamente 2% da demanda média de energia dos gaúchos). De acordo com dados da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), até 2024, este número deve chegar a 1,2 milhão de consumidores.
Confira entrevistas em vídeo sobre o nome no Da Redação:
> Quanto custa e como proceder para instalar painel
> Microgeração de energia: como funciona e vantagens
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Nei de Souza 11/05/2018 11h16min
Realmente nos dias de hoje com a expansão do setor de energia solar é muito interessante que empresas como essas 3 citadas acima, realizem programas voltados para a especialização de profissionais para atuarem no setor de instalação de energia solar. nO mercado é muito promissor, mas sabemos que ainda faltam muitos profissionais qualificados para realizem esse tipo de serviço. Então fica ai a dica para a galera .