Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, terça-feira, 25 de julho de 2017. Atualizado às 09h53.

Jornal do Comércio

Economia

COMENTAR | CORRIGIR

Mercado Financeiro

Alterada em 25/07 às 09h57min

Dólar cai com commodities e fluxo positivo

O dólar sustenta um viés de baixa nesta terça-feira (25) em meio a commodities e bolsas internacionais em alta de manhã. A expectativa de continuidade de ingressos de recursos estrangeiros às vésperas das Ofertas Públicas Iniciais (IPOs) de ações do IRB Brasil Re e Ômega, na quinta-feira (27) ajuda a limitar a tração das cotações assim como o compasso de espera pelas reuniões de dois dias do Copom e do Federal Reserve, que terminam amanhã.
No exterior, o Dollar Index recuava 0,28% às 9h10min, com destaque para a alta do euro ante o dólar após o avanço do índice de sentimento das empresas da Alemanha a 116 em julho, máxima histórica pelo terceiro mês consecutivo, segundo o instituto alemão IFO.
O resultado surpreendeu analistas consultados pelo "The Wall Street Journal", que previam queda do indicador a 114,9. Na avaliação do presidente do IFO, Clemens Fuest, o sentimento no setor corporativo alemão é de "euforia" e a economia do país "avança a todo vapor". Já a moeda norte-americana oscila sem direção única frente a divisas ligadas a commodities, em meio à alta do petróleo e movimentos de realização de lucros recentes.
Às 9h27min desta terça-feira, o dólar à vista recuava 0,05%, aos R$ 3,1449 e o dólar futuro para agosto, mais líquido, recuava 0,08%, aos R$ 3,1475.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia