Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, segunda-feira, 24 de julho de 2017. Atualizado às 22h04.

Jornal do Comércio

Economia

COMENTAR | CORRIGIR

combustíveis

24/07/2017 - 21h59min. Alterada em 24/07 às 22h09min

Governo cria comitê para discutir mudanças no mercado de combustíveis

O governo vai começar a discutir ações para preparar o País para a abertura do mercado de combustíveis. A ideia é dar base para mudanças legais que propiciem um ambiente de confiança para atrair investimentos do setor privado e também da Petrobras no setor de refino. Uma resolução do Conselho Nacional de Política Energética (CNPE) será publicada nesta terça-feira (25), no Diário Oficial da União.
A resolução cria o comitê técnico integrado para o desenvolvimento do mercado de combustíveis, demais derivados de petróleo e biocombustíveis (CT-CB). O comitê vai avaliar a aplicação das propostas apresentadas sobre o assunto na iniciativa "Combustível Brasil", por meio de medidas legais ou infralegais, de acordo com a necessidade.
O comitê será coordenado pelo Ministério de Minas e Energia e composto por Casa Civil, Programa de Parceria de Investimentos (PPI), Ministério da Fazenda, Ministério do Meio Ambiente, Ministério do Planejamento, Ministério dos Transportes, Portos e Aviação Civil, Ministério da Agricultura, Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços, Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), Empresa de Pesquisa Energética (EPE) e Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade).
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia