Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, terça-feira, 11 de julho de 2017. Atualizado às 18h39.

Jornal do Comércio

Economia

COMENTAR | CORRIGIR

petróleo

Alterada em 11/07 às 18h41min

Projeções oficiais para preço do petróleo e produção dos EUA sofrem cortes

O Departamento de Energia (DoE, na sigla em inglês) reduziu nesta terça-feira suas projeções para o preço do WTI e do Brent neste ano e no próximo, além de cortar sua perspectiva para a produção dos EUA para 2018.
Em seu relatório mensal sobre a perspectiva no setor de energia, a agência do governo previu que o preço do WTI fique em US$ 48,95 o barril neste ano, uma queda de 3,6% em comparação com a projeção de junho. Para 2018, previu US$ 49,58 o barril, queda de 7,5% ante a previsão anterior. No caso do Brent, o DoE cortou a previsão deste ano em 3,6%, para US$ 50,79 o barril, e em 7,2% a de 2018, para US$ 51,58 o barril.
Além disso, o órgão manteve sua previsão de que os EUA produzam 9,33 milhões de barris por dia neste ano, mas reduziu a expectativa para a produção em 2018 em 1%, para 9,90 milhões de barris por dia.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia