Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, terça-feira, 04 de julho de 2017. Atualizado às 22h43.

Jornal do Comércio

Economia

COMENTAR | CORRIGIR

energia

Notícia da edição impressa de 05/07/2017. Alterada em 04/07 às 21h22min

Preço do gás de cozinha cai 4,5% a partir de hoje

A Petrobras anunciou ontem a redução do preço do gás de cozinha em 4,5%. Os novos preços entram em vigor hoje, conforme previsto pela nova política da companhia para o combustível.
O corte anunciado pela estatal será aplicado no Gás Liquefeito de Petróleo (GLP) vendido em botijões de 13 quilos, mais utilizado pelos consumidores residenciais, que passou a ser ajustado uma vez por mês, segundo política anunciada pela companhia no início de junho.
A empresa estima que, se o repasse for integral, o preço do botijão cairá 1,5%, ou R$ 0,88. No mês passado, a Petrobras havia aumentado o preço do produto em 6,7%.
Na segunda-feira passada, a companhia anunciou um corte de 5% no preço do GLP vendido em vasilhames maiores, mais usados por consumidores industriais e comerciais.
Os dois produtos apresentam preços diferentes desde o ano de 2003, quando o Conselho Nacional de Política Energética (CNPE) definiu que o gás vendido a residências deveria ser mais barato do que o combustível vendido a estabelecimentos da indústria e do comércio.
 
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia