Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, domingo, 02 de julho de 2017. Atualizado às 11h25.

Jornal do Comércio

Economia

COMENTAR | CORRIGIR

tecnologia

Alterada em 02/07 às 11h27min

Governo Trump quer intervenção da Suprema Corte em disputa com a Microsoft

O governo Trump fez um apelo à Suprema Corte dos Estados Unidos que intervenha em uma disputa legal com a Microsoft sobre o acesso a e-mails armazenados no exterior. O recurso foi arquivado pela administração no final do mês passado.
Este é mais um entre vários confrontos que as empresas de Redmond, polo tecnológico em Washington onde ficam a Microsoft e outras empresas, travam com o governo sobre questões de privacidade digital e a necessidade de informação das autoridades para combater o crime e o terrorismo.
Especialistas em direito da privacidade dizem que as empresas estão mais dispostas a repelir este tipo de iniciativa desde o vazamento de informações que detalham os programas de vigilância nos EUA.
Outra questão que o recurso destaca é a dificuldade que os juízes enfrentam ao tentar classificar leis elaboradas há décadas com novos desenvolvimentos tecnológicos.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia