Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quarta-feira, 26 de julho de 2017. Atualizado às 00h08.

Jornal do Comércio

Colunas

COMENTAR | CORRIGIR
Fernando Albrecht

Começo de Conversa

Notícia da edição impressa de 26/07/2017. Alterada em 25/07 às 20h23min

A disputa pelo emprego

JONATHAN HECKLER/JC
Com um exército de desempregados no País, quando surge uma oportunidade, aparece uma multidão. Foi o que aconteceu ontem na Feira de Empregos e Estágios, promovida pela QI Faculdade & Escola Técnica, em parceria com a prefeitura de Porto Alegre. A ação oferece cerca de 500 vagas, com bolsas e salários variando entre R$ 700,00 e R$ 2,5 mil. A fila na Casa dos Conselhos de Porto Alegre, na avenida João Pessoa com Venâncio Aires, dava volta na esquina.

Sequência de memórias


CAMILA CUNHA/ASCOM-PUCRS/DIVULGAÇÃO/JC
A Unesco anunciou os três vencedores do Prêmio Internacional Unesco-Guiné Equatorial para Pesquisa em Ciências da Vida 2017. Entre os premiados está o coordenador do Instituto do Cérebro do Rio Grande do Sul (InsCer), Ivan Izquierdo. Ele é o único pesquisador do Brasil entre os agraciados e recebeu a premiação por suas descobertas na elucidação de mecanismos dos processos de memória. Como ele mesmo já disse, a vida é uma sequência de memórias.

Comprar e vender

Interessante como se processa na cabeça dos gaúchos a visita de missões estrangeiras, como a dos japoneses, que foram recebidos em entidades empresariais. A primeira e positiva reação é que eles vieram aqui para comprar, mas ninguém ou poucos se dão conta que comércio internacional é uma via de duas mãos. Antes de mais nada, eles querem vender o seu peixe. E obviamente o pescado deles é bem maior que o nosso.

A nova classe

O historiador e professor JH Dacanal lança o livro "A nova classe e a história do PT" (Edições BesouroBox), que revela "pela primeira vez de forma direta e clara, o grande mistério da história do Partido dos Trabalhadores, a transformação radical do partido no final da década de 1980".

Solução de torcedor

"Quanto ao futebol do Inter, tenho uma proposta. Tenho 54 anos e jogo futebol de campo todo sábado. Eu gostaria muito de jogar no Inter. Não quero salário; até pago para jogar. E garanto, jogando neste Inter, ninguém vai perceber que não faço parte deste grupo." (Valmor Kerber)

Como se combina...

Entreouvido em um banco: "O genro de Donald Trump (Jared Kushner, conselheiro do presidente dos EUA) seguiu o conselho do Garrincha e combinou com os russos...". O assunto que domina a mídia dos EUA tem tudo a ver. Todos citamos a expressão de Garrinhca sem ligá-la a um jogo contra a falecida URSS na Copa de 1958.

...com os russos

Antes do jogo que vencemos por 2 a 0, o treinador Vicente Feola orientou o anjo das pernas tortas a pegar a bola, driblar o primeiro e o segundo beques, então deveria ir até a linha de fundo, cruzar forte para trás, para o Vavá marcar o gol. Assustado com as instruções, Garrincha perguntou: "Tudo bem, seu Feola, mas o senhor já combinou com os russos?"

A aposentadoria de Lula

Vários leitores se manifestaram sobre o fundo de aposentadoria de R$ 9 milhões do ex-presidente Lula (PT). O leitor Waldyr Borges Junior faz um outro cálculo. Como pessoa física, ele paga 27,5% ao leão, sem contar outros descontos, então, o bruto chega a R$ 12,4 milhões. Então ele teria que ter feito 62 palestras a R$ 200 mil e não 45 para chegar a este valor.

A novela da noventena

O governo federal tem um batalhão de juristas à disposição e, em tese, tem quadros mais que qualificados para não cair em esparrelas jurídicas. Então, é de supor que estava certo ao decretar o aumento do PIS/Cofins nos combustíveis sem noventena. Um dia antes da liminar do juiz Renato Borelli, o escritório de advocacia gaúcho Andrade Maia externou a mesma opinião do magistrado, que cobrou a noventena.

Adeus ao passado

Em matéria de tecnologia, o Brasil está deixando para trás décadas de domínio da TV analógica e das emissoras de rádio faixa AM. Falta pouco para o fim do analógico e também as AMs deverão migrar para o FM até novembro de 2018. Há anos que se fala nisso, mas agora o gato subiu no telhado. Adeus aos chiados e adeus aos chuviscos na tela.

Campeões ao celular

Não são apenas os urbanos do Rio Grande do Sul os que mais falam no País, o pessoal do campo também é campeão do falatório. Pesquisa nacional feita pelo Sebrae revela que os produtores rurais gaúchos são os que mais utilizam o celular, com impressionantes 98,5% dos entrevistados. Em compensação, os produtores queixam-se amargamente da qualidade da internet. Somos os primeiros neste quesito.

Miúdas

  • CHINA vai investir US$ 1 trilhão em infraestrutura na Europa, Ásia e África. O Irã é a menina dos olhos.
  • NINGUÉM vislumbra um nome aglutinador para 2018. Há crise também no universo dos candidatos.
  • CURIOSO é que a lista dos lembrados para concorrer à sucessão de Michel Temer (PMDB) tem mais rejeição que aprovação.
  • ÚNICA coisa que melhorou no trânsito porto-alegrense em décadas foi o uso da buzina no trânsito.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia