Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, terça-feira, 11 de julho de 2017. Atualizado às 18h43.

Jornal do Comércio

Colunas

COMENTAR | CORRIGIR
Fernando Albrecht

Começo de Conversa

Notícia da edição impressa de 12/07/2017. Alterada em 11/07 às 21h19min

Nos tempos do romantismo I

MARCELLO CAMPOS/DIVULGAÇÃO/JC
Um dos grandes nomes da música romântica no Rio Grande do Sul, com cinco décadas de carreira, o cantor Edgar Pozzer comanda, neste mês, mais um baile repleto de romantismo comme il faut. Pozzer celebra os 47 anos do seu Girasole Pub (que fica na rua Vieira de Castro, na Capital). Mas a festa será no Clube Caixeiros Viajantes, dia 21 de julho: um jantar dançante, como era moda dos anos 1960.

Nos tempos do romantismo II

A celebração promete ser única, e dela farão parte vários artistas convidados. Nos anos 1960, principalmente, o boa pinta Edgar Pozzer e seu estilo romântico, preferencialmente com músicas italianas, moda mundial por causa do Festival de San Remo, fazia as mulheres suspirarem ao som de Volare, Per Te, Il Mondo e tantas outras. Foi o auge, e depois veio o declínio.

O fim e o começo

Repete-se de Norte a Sul que o relatório da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara dos Deputados é o início do fim do governo Michel Temer (PMDB). É, pode ser. De fato, a situação do presidente é insustentável, independentemente da votação da CCJ. Mas também o mesmo relatório é o começo do governo Rodrigo Maia (DEM-RJ). O rei morreu, viva o rei.

Na homenagem a Paixão Côrtes...


GILMAR LUÍS/ARQUIVO/JC
O pesquisador e folclorista Paixão Côrtes completa 90 anos hoje e será homenageado, às 14h, no Grande Expediente da Assembleia Legislativa, proposição da deputada estadual Regina Becker Fortunati (Rede). Paixão Côrtes merece muito mais que isso. Bem diferente do início dos anos 1970, quando o fundamentalismo guasca queria expulsar o ícone do Rio Grande do Sul por causa de suas pesquisas e por um comercial de TV.
 

...a lembrança do comercial polêmico

A Símbolo Propaganda contratou Paixão para um comercial da Dínamo (café solúvel), para a peça publicitária "Chega de café de chaleira!". Um grupo que já tinha marcado Paixão na paleta, porque ele provou de prova provada que bombacha e café de chaleira eram originárias da Turquia, foi ao Palácio Piratini pedir ao governador Euclides Triches que expulsasse o herético do Estado. Claro que Triches fez ouvidos moucos à demanda.

Sem sossego

Os meliantes estão aproveitado brechas de policiamento, mesmo em zonas onde ele tem sido intensificado. São free lancers que tentam a sorte. É o caso de ocorrências recentes na rua Padre Chagas, no Moinhos de Vento. Eles também miram em restaurantes de comida a quilo na região da avenida Independência.

Por falar em policiamento...

...não querendo ensinar o padre a rezar a missa, mas em regiões de trânsito quase sempre complicado, não seria o caso de colocar as motos da Brigada Militar em áreas estratégicas? Elas possuem a mobilidade que a viatura não tem.

Miúdas

  • URUBUS têm pousado no alto do prédio da Câmara de Vereadores da Capital. Esta ave fareja sangue a 1,5 quilômetro de distância.
  • LEI de Galbraith: "a política não é a arte do possível. Ela consiste em escolher entre o desagradável e o desastroso".
  • CONSOLO de governista: agora, sim, o governo Dilma Rousseff (PT) começa a afundar de vez.
  • VICE na chapa da petista em 2014, Michel Temer (PMDB) está há um ano e dois meses na presidência. E parece que cai.

Finais

  • SEMINÁRIO O Potencial das Centrais Hidrelétricas na Região Sul será realizado amanhã/13h30min no auditório do BRDE. Informações: (51) 3331-2774.
  • FESTA da Tainha será de 21 de julho a 6 de agosto, em Imbé, às margens do Rio Tramandaí.
  • TRAJETÓRIA da Unicred Central RS é contada no livro de fotografias de Nilton Santolin. Lançamento será amanhã, às 9h/Praia de Belas, 1.212/10º andar.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia