Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quinta-feira, 29 de junho de 2017. Atualizado às 21h41.

Jornal do Comércio

Esportes

COMENTAR | CORRIGIR

copa sul-americana

Alterada em 29/06 às 21h45min

Emerson Sheik desencanta e Ponte Preta sai na frente contra o Sol de América

Emerson Sheik finalmente desencantou com a camisa da Ponte Preta. E não poderia ter sido de outra forma. Nesta quinta-feira, em casa, o atacante de 39 anos marcou o gol da vitória do time de Campinas (SP) por 1 a 0 sobre o Sol de América, do Paraguai, no estádio Moisés Lucarelli, pela rodada de ida da segunda fase da Copa Sul-Americana.
O jogo de volta está marcado para o dia 26 de julho, no estádio Luis Alfonso Giagni, em Assunção, no Paraguai. A Ponte Preta tem a vantagem do empate, enquanto que o Sol de América precisa ganhar por dois ou mais gols de diferença para se classificar às oitavas de final. Um novo 1 a 0, desta vez para os paraguaios, levará a decisão da vaga à disputa por pênaltis.
Diante do um adversário que estava preocupado apenas em se defender, a Ponte Preta teve muito mais posse de bola no primeiro tempo, mas encontrava dificuldades para finalizar. Aos 18 minutos, Lins recebeu dentro da área, puxou para o meio e bateu. O goleiro Augustín Silva espalmou para escanteio. Nos minutos finais, Claudinho arriscou de longe e o arqueiro paraguaio defendeu em dois tempos.
Depois de ter sido pressionado, o Sol de América voltou do intervalo mais ligado e se aproveitava dos vários erros de passes da Ponte Preta para levar perigo ao goleiro Aranha, que precisou fazer duas boas defesas em finalizações de Víctor Velázquez e Giménez.
Nos minutos finais, o time campineiro voltou a ter a posse da bola e a pressionar o Sol de América. Elton assustou em chute para fora, mas foi Emerson Sheik o responsável por garantir a vitória. Aos 44 minutos, o atacante arriscou de fora, a bola desviou e entrou no cantinho de Augustín Silva.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia