Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quarta-feira, 21 de junho de 2017. Atualizado às 21h43.

Jornal do Comércio

Esportes

COMENTAR | CORRIGIR

campeonato brasileiro

Alterada em 21/06 às 21h48min

Copete brilha e Santos dorme na 3ª colocação com triunfo no Barradão

Sem Lucas Lima, cotado para reforçar o Barcelona, o Santos contou com o brilho de Copete para voltar a vencer no Brasileirão, na noite desta quarta-feira. Jogando no Barradão, em Salvador, a equipe santista bateu o Vitória por 2 a 0 e subiu para a provisória terceira colocação da tabela do Brasileirão. O Santos vinha de empate com a Ponte Preta, após três triunfos em sequência.
Copete marcou os dois gols que levaram o Santos aos 16 pontos, três abaixo do Grêmio e quatro atrás do líder Corinthians. Os dois primeiros colocados ainda entrarão em campo nesta quinta-feira. Já o Vitória estacionou nos oito pontos e pode terminar a rodada dentro da zona de rebaixamento.
Herói do Santos nesta quarta, Copete encerrou um jejum de quase dois meses. O atacante colombiano, que vem recuperando seu espaço no time, não balançava as redes desde 26 de abril, quando anotou contra o Paysandu, pela Copa do Brasil.
Como vem sendo recorrente, o time de Levir Culpi entrou em campo com desfalques nesta noite. Desta vez, o Santos não contou com Lucas Lima, gripado, e Thiago Maia, suspenso. Curiosamente, os dois são alvos de rumores sobre possíveis transferências nesta janela internacional. O primeiro estaria cotado para reforçar o Barcelona, enquanto Maia poderia se juntar à Inter de Milão.
Sem a dupla, Levir Culpi apostou em Vitor Bueno e Alison no meio-campo santista. Mas foi da lateral e do ataque que surgiram as melhores oportunidades de gol no primeiro tempo. Jean Mota, lateral-esquerdo, e Copete exibiram bom entrosamento pelo lado, até culminar no gol marcado aos 33 minutos.
A partir de uma sequência de falhas da defesa baiana, Bruno Henrique roubou a bola no erro na saída de bola do rival e acionou Copete, que avançou com facilidade pela intermediária e acertou belo chute de fora da área, pegando desprevenido o adiantado goleiro Fernando Miguel.
Antes do gol, Copete desperdiçara chance clara de gol quando recebeu enfiada na entrada da área e, ao invés de driblar o goleiro, bateu em cima de Fernando Miguel, aos 16. O lance foi uma exceção num modorrento primeiro tempo em que o Santos quase "entregou" um gol aos 24 minutos.
Na jogada bizarra, Alison, opção do treinador para substituir Thiago Maia, errou duas vezes em sequência, ao furar no cruzamento da esquerda, e, depois, ao chutar em cima do companheiro de time, rebatendo a bola rente ao pé da trave. Vanderlei quase foi surpreendido.
Inofensivo na etapa inicial, o Vitória partiu para o ataque no começo do segundo tempo. Duas boas investidas culminaram no lance mais polêmico da partida. David Braz fez falta em Neilton, que acabara de entrar em campo, dentro da área, aos 13. O árbitro Heber Roberto Lopes mandou o lance seguir.
A jogada acendeu o alerta no Santos e Levir Culpi decidiu mudar o meio-campo. Sacou o hesitante Alison e deu chance a Léo Cittadini. E trocou Vitor Bueno por Rafael Longuine. As mudanças surtiram efeito e, quando o Vitória equilibrava o duelo, Copete voltava a brilhar.
Ele sacramentou o triunfo dos visitante aos 31 minutos, ao completar cruzamento de Bruno Henrique, que ganhou de Fred na disputa pela direita, e deu passe preciso para o colombiano definir a quinta vitória santista no Brasileirão.
Nos minutos finais, o time da casa ainda teve oportunidade para descontar. Bruno Henrique acertou o braço na bola dentro da área e o árbitro assinalou a penalidade, aos 43. Mas Kieza acertou o travessão e frustrou a torcida.
Na próxima rodada, o Santos voltará a enfrentar um rival nordestino. Desta vez, vai receber o Sport, na Vila Belmiro, no único jogo da rodada no sábado. No dia seguinte, o Vitória visitará o Atlético Paranaense, na Arena da Baixada, em Curitiba.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia