Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quarta-feira, 14 de junho de 2017. Atualizado às 22h33.

Jornal do Comércio

Esportes

COMENTAR | CORRIGIR

libertadores

14/06/2017 - 22h34min. Alterada em 14/06 às 22h36min

Grêmio irá encarar o Godoy Cruz nas oitavas da Libertadores

A primeira partida será em Mendoza, na Argentina

A primeira partida será em Mendoza, na Argentina


NORBERTO DUARTE/AFP/JC
A Conmebol definiu nesta quarta-feira, em sorteio realizado em sua sede, no Paraguai, os confrontos das oitavas de final da Libertadores. Com cinco brasileiros ainda vivos no torneio, haverá um confronto entre equipes do País: Atlético-PR x Santos. E quem avançar desta disputa, poderá encontrar nas quartas outro time do Brasil, o Palmeiras, que encara o Barcelona-EQU.
O sorteio desta quarta dividiu seus dois potes entre campeões e vice-campeões dos grupos e também definiu o caminho das equipes até as finais. Trata-se de uma mudança no regulamento em relação aos anos anteriores quando os confrontos de oitavas já eram decididos pelas pontuações das equipes na fase de grupos.
E com este novo regulamento, Atlético-PR e Santos foram sorteados para se encontrar. Por ter sido o segundo colocado de seu grupo, o time paranaense vai fazer a primeira partida em casa, enquanto o segundo jogo será de mando paulista. As equipes já se enfrentaram no mata-mata da Libertadores em 2005, quando o Atlético-PR eliminou o Santos nas quartas.
Quem passar deste confronto poderá encarar o Palmeiras. Líder de seu grupo na fase anterior, o time paulista vai enfrentar o Barcelona-EQU, com o primeiro jogo realizado no Equador, e o segundo, em São Paulo.
A maior parte dos brasileiros, aliás, está do mesmo lado da chave. O Botafogo vai duelar com o Nacional, do Uruguai, com o primeiro jogo sendo realizado na casa do adversário, e a volta, no Rio. Se passar, pode ter pela frente o Grêmio, que enfrenta o Godoy Cruz, da Argentina, também fazendo a primeira partida fora de casa.
Todos estes confrontos acontecem do mesmo lado da chave, o que significa que uma suposta semifinal poderia envolver duas destas equipes: Santos, Atlético-PR, Palmeiras, Grêmio e Botafogo.
Assim, o único outro brasileiro restante só poderá duelar com uma equipe do País na final. Trata-se do Atlético-MG, que terá pela frente nas oitavas o Jorge Wilstermann, da Bolívia, com o primeiro jogo realizado na casa do adversário. Se avançar, o time mineiro pode encarar nas quartas o River Plate, que agora pega o Guaraní-PAR.
Deste mesmo lado da chave, os dois confrontos restantes, e que não possuem nenhum brasileiro na briga. O San Lorenzo encara o Emelec, com a primeira partida realizada no Equador. Já o também argentino Lanús terá pela frente o The Strongest, com a ida disputada na altitude de La Paz.
Confira os confrontos das oitavas de final da Libertadores (os times que jogam a primeira partida em casa aparecem primeiro):
Guaraní-PAR x River Plate
Atlético-PR x Santos
Nacional-URU x Botafogo
Emelec x San Lorenzo
The Strongest x Lanús
Godoy Cruz x Grêmio
Barcelona-EQU x Palmeiras
Jorge Wilstermann x Atlético-MG
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia