Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, domingo, 11 de junho de 2017. Atualizado às 17h04.

Jornal do Comércio

Esportes

COMENTAR | CORRIGIR

atletismo

11/06/2017 - 16h58min. Alterada em 11/06 às 17h09min

Queniano é o campeão da 34ª Maratona de Porto Alegre

Queniano e brasileira foram destaques do 1º lugar da 34ª maratona de Porto Alegre

Queniano e brasileira foram destaques do 1º lugar da 34ª maratona de Porto Alegre


Joel Vargas/PMPA/Divulgação/JC
O queniano Elijah Chebonei, 24 anos, venceu a 34ª Maratona Internacional de Porto Alegre, disputada na manhã deste domingo (11). Estreante na competição, ele completou os 42,195 quilômetros pelas ruas da Capital gaúcha em 2h20min48. Especialista em provas curtas, Elijah disputou uma maratona pela primeira vez. No feminino, a brasileira Conceição de Maria Carvalho Oliveira venceu, com 2h52min55. Ela tem 41 anos e participou disputa pela sexta vez, chegando agora ao bicampeonato (2009 e 2017).
No masculino ainda tiveram destaque Michael de Paula Passos em 2º lugar (2h25min53) e Portela Menezes e Angel Raul em 3º (2h29min28). No feminino ficaram em 2º e 3º lugares, respectivamente, Simone Ponte Ferraz (2h54min06) e Ana Claudia Maria de Jesus Rodrigues (2h58min35).
Os troféus foram entregues aos vencedores pela secretária municipal do Desenvolvimento Social (SMDS), Maria de Fátima Záchia Paludo, e pelo diretor de Esporte da SMDS, Celso Piazeski.
Nesta edição, foram inscritos 9,8 mil corredores, um recorde no número de participantes. Somente no prova de elite, participaram 4 mil competidores, com representantes de Argentina, Bélgica, Espanha, Estados Unidos, Itália, Paraguai, Portugal, Venezuela, Uruguai e Quênia, além do Brasil.
Além da maratona, houve provas para cadeirantes e rústicas de 3km, 5km e 10km. Crianças participaram da maratoninha.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia