Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quarta-feira, 28 de junho de 2017. Atualizado às 08h21.

Jornal do Comércio

Economia

COMENTAR | CORRIGIR

mercado financeiro

28/06/2017 - 08h04min. Alterada em 28/06 às 08h21min

Exportadoras amenizam baixa do Nikkei e Bolsa de Tóquio termina em queda de 0,5%

A Bolsa de Tóquio encerrou o pregão desta quarta-feira em queda, pressionada pela baixa de ações de tecnologia. A queda, no entanto, foi amenizada pelo avanço de papéis de empresas exportadoras, apoiados na desvalorização do iene ante o dólar.
A baixa das companhias de tecnologia ocorreu na sessão seguinte ao ataque cibernético que afetou as operações de diversas empresas de logística e commodities na Europa. Os papéis do setor pelo mundo também foram pressionados pela multa recorde de 2,42 bilhões de euros que o Google terá de pagar a autoridades antitruste europeias, por acusações de favorecimento da ferramenta própria de e-commerce no buscador em detrimento a outras empresas.
O índice de referência Nikkei terminou a sessão em baixa de 0,47%, aos 20.130,41 pontos. As ações da Nintendo caíram 3,69% e do Yahoo Japan cederam 1,62%.
Por outro lado, as grandes exportadoras do país subiram diante da queda do iene. O dólar se valorizou com o tom menos favorável a extensão de estímulos monetários que permearam os discursos de banqueiros centrais nos últimos dias, notadamente o discurso do presidente do Banco Central Europeu (BCE), Mario Draghi, na véspera. Os papéis da Honda Motor ganharam 0,75% e da Nippon Steel & Sumitomo saltaram 2,48%.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia