Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, domingo, 25 de junho de 2017. Atualizado às 22h43.

Jornal do Comércio

Economia

COMENTAR | CORRIGIR

INOVAÇÃO

Notícia da edição impressa de 26/06/2017. Alterada em 25/06 às 21h17min

KL Quartz cria relógio ponto para locais sem internet

Equipamento permite maior controle de pessoal

Equipamento permite maior controle de pessoal


KL QUARTZ/DIVULGAÇÃO/JC
Carolina Hickmann
As inovações dos relógios ponto avançam exponencialmente nos últimos anos. Conforme o mercado de trabalho sofre atualizações, cada vez mais iniciativas inovadoras buscam adequar as necessidades de empregados e empregadores. Pensando na realidade de empresas terceirizadoras, a KL Quartz, que atua a 35 anos com hardwares e softwares para gestão de pessoas, criou solução que permite conectar diretamente pontos remotos em locais sem internet.
O gateway é um terminal de comunicação que fica instalado no registrador eletrônico de ponto. Com ele, é possível enviar a lista atualizada de funcionários para o equipamento central da empresa e coletar as marcações de pontos a distância. Na prática, com a uso da solução, um prestador de serviços sabe, sem sair de sua empresa, se um funcionário de um condomínio residencial, por exemplo, não compareceu ao trabalho. Caso a falta seja identificada cedo, ainda seria possível enviar outro funcionário para cumprir a função. "Funciona como uma ferramenta de gestão pessoal, além de tudo", comenta o diretor comercial, Diego Lazzari.
Por permitir maior controle de pessoal que atua remotamente, a inovação agrega valor aos serviços das empresas que a aderem, na avaliação de Lazzari. "Essa solução atua como um diferencial no momento da venda de pacotes", explica o diretor, que comenta ainda ter recebido feedbacks de que o software é moeda de barganha no momento da decisão de preços praticados pelos prestadores junto aos clientes.
O produto foi desenvolvido internamente na KL Quartz, em cerca de um ano e meio de pesquisa e desenvolvimento. O projeto-piloto instalou cerca de 80 equipamentos na AST Facilities, empresa de serviços terceirizados na área de higiene ecossustentável. "Com esse projeto, a empresa já está dentro do seu cliente, não só com o funcionário, mas também com o equipamento", explica. O que permite a instalação do gateway em locais sem internet, como é o caso dos clientes da AST, é a utilização de um chip telefônico com tecnologia 4G acoplado no relógio ponto tradicional.
A empresa desenvolvedora do software está contatando clientes que possuem o relógio ponto da marca Control ID, ao qual o gateway é compatível, para oferecer o serviço. Lazzari explica que os interessados que possuem o equipamento desembolsam R$ 1 mil pela compra do gateway e mais cerca de R$ 80,00 pela manutenção do serviço. Aquelas que não possuem equipamento da marca, por enquanto, terão de realizar mais este investimento.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia