Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, segunda-feira, 19 de junho de 2017. Atualizado às 16h31.

Jornal do Comércio

Economia

COMENTAR | CORRIGIR

negócios corporativos

Alterada em 19/06 às 16h34min

Grupo Prepara compra Microlins, People e SOS e passa a ser MoveEdu

O Grupo Prepara, rede de franquias do mercado educacional, anunciou a aquisição das marcas de ensino profissionalizantes Microlins, People e SOS. Com sete marcas de ensino, mais de 1,2 mil unidades e quase meio milhão de alunos, a rede passará a se posicionar como MoveEdu e deve se tornar a maior rede de franquias no segmento de educação profissional do País. Os valores da aquisição não foram divulgados.
Assim, a MoveEdu será responsável pela unificação do grupo juntamente com as marcas Prepara Cursos (cursos profissionalizantes); Programas Educacionais Ensina Mais Turma da Mônica (apoio escolar); e as redes de idiomas para o público adulto e infantil English Talk e Pingu’s English. A rede fechou 2016 com um faturamento de R$ 300 milhões e, com a aquisição, dobra de tamanho.
Para o empresário Rogério Gabriel, que permanece como presidente da MoveEdu, sem alterações no quadro societário, o investimento foi estrategicamente planejado para garantir a expansão.
"Nos últimos três anos, fizemos um importante trabalho em nossa estrutura organizacional, definimos regras de governança e nos preparamos para esse importante passo. Adquirimos grandes marcas que admiramos e temos a humildade para aprender com elas e a segurança e confiança de que também agregaremos muito valor nessa nova etapa", afirma Rogério.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia