Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quarta-feira, 14 de junho de 2017. Atualizado às 09h42.

Jornal do Comércio

Economia

COMENTAR | CORRIGIR

empresas

Alterada em 14/06 às 09h42min

JBS nomeia Marcelo Proença como diretor global de compliance

A JBS anunciou a nomeação de Marcelo Proença para o cargo de diretor global de compliance, com o objetivo de garantir as melhores práticas de governança do mercado. A diretoria de compliance responderá diretamente para o Conselho de Administração da JBS.
"Meu objetivo é aprimorar o programa de compliance, tornando-o um modelo para o mercado, com plenos controles externos e internos, os quais, estou confiante, irão assegurar uma empresa de sucesso perene, evoluindo muito na construção da confiança e da reputação perante os stakeholders e, em especial, colaboradores, mercado e sociedade", cita Proença, conforme comunicado ao mercado.
"Acredito que minha experiência alinha-se ao pensamento do Conselho de Administração da JBS no tocante a instituir as melhores práticas empresariais na JBS", acrescenta.
Ainda conforme o comunicado, Proença acumula 27 anos de experiência, sendo advogado, mestre e doutor em direito pela Faculdade de Direito da Universidade de São Paulo, onde atua como professor de Direito Comercial. Ele também é professor nos cursos do GVLaw, da Fundação Getúlio Vargas, e possui oito livros publicados.
O Conselho de Administração da JBS também anunciou a contratação do escritório White & Case LLP, que irá apoiar na condução do projeto na empresa de alimentos.
"O trabalho do White & Case será importante para o sucesso do Comitê de Governança na supervisão do desenvolvimento e implementação de um programa de compliance que incorpore melhores práticas internacionais e atenda integralmente às obrigações da companhia", destaca Daniel Fridman, sócio do escritório White & Case.
"Esses são apenas os primeiros passos, porém também fundamentais, em nosso propósito de elevar o nível de governança da JBS e fazer com que essa companhia se torne uma referência global em governança", diz.
Tarek Farahat, presidente do conselho de administração da JBS e do Comitê de Governança, de acordo com o comunicado. Ele acredita que as duas ações configuram importantes medidas para companhia.
O comunicado da JBS diz que o White & Case é um dos escritórios internacionais de advocacia mais reconhecidos, atendendo algumas das empresas mais respeitadas do mundo, com um time de advogados com ampla experiência em programas de compliance.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia