Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, terça-feira, 13 de junho de 2017. Atualizado às 23h52.

Jornal do Comércio

Economia

COMENTAR | CORRIGIR

Logística

Notícia da edição impressa de 14/06/2017. Alterada em 13/06 às 19h51min

Latam cobrará por refeições a bordo em voos nacionais

Todos os produtos oferecidos nas viagens da companhia serão pagos

Todos os produtos oferecidos nas viagens da companhia serão pagos


/Philippe Masclet/Airbus/Divulgação/JC
A Latam Brasil anunciou, nesta terça-feira, um novo serviço para a compra de refeições a bordo nos voos domésticos. Batizada de "Mercado Latam", a iniciativa começará a ser implantada na última semana de junho e contará com um cardápio com 52 produtos. Todos os produtos oferecidos serão cobrados - apenas água continuará a ser servida gratuitamente aos passageiros. Os produtos serão vendidos a bordo e, para isso, os tripulantes usarão tablets para processar as compras, que poderão ser feitas com o cartão de crédito ou com dinheiro.
Segundo o CEO da Latam Brasil, Jerome Cadier, a medida foi tomada a partir de uma demanda por parte dos passageiros, que solicitavam uma variedade maior nas opções de alimentação. "Sempre tivemos a sensação de que não atendíamos à demanda por produtos vegetarianos ou kosher."
A previsão é que o cardápio seja renovado duas vezes ao ano, com a manutenção dos produtos mais bem aceitos e melhor avaliados. Os itens poderão ser adquiridos de forma avulsa, com preços a partir de R$ 4,00, ou por meio de combos, a partir de R$ 14,00.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia