Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, terça-feira, 13 de junho de 2017. Atualizado às 23h52.

Jornal do Comércio

Economia

COMENTAR | CORRIGIR

Logística

Notícia da edição impressa de 14/06/2017. Alterada em 13/06 às 23h23min

Portos do Rio Grande do Sul têm expressivo movimento em maio

Apenas em Rio Grande circularam 15,9 milhões de toneladas no mês

Apenas em Rio Grande circularam 15,9 milhões de toneladas no mês


HIAGO REIDOERFER/HIAGO REIDOERFER/DIVULGAÇÃO/JC
A Superintendência do Porto do Rio Grande concluiu a análise dos dados estatísticos do mês de maio de 2017. No acumulado do ano, o porto rio-grandino registra crescimento de 5% comparado ao mesmo período do ano passado. Porto Alegre e Pelotas também registraram aumento nos cinco primeiros meses do ano. Apenas o porto do Rio Grande movimentou mais de 15,9 milhões de toneladas, sendo que o principal destaque foi a carga geral.
O segmento de carga geral pela primeira vez registrou movimento bruto superior a um milhão de toneladas em um único mês. Foram 1.013.485 toneladas, acumulando, em 2017, 4.277.036 toneladas. O granel sólido acumula 9.796.316 toneladas, enquanto os líquidos somam 1.884.434 toneladas nos cinco meses do ano. A movimentação total do complexo chega a 15.957.786 toneladas, crescimento de 5,8% com relação ao mesmo período de 2016. O complexo soja (óleo, farelo e grão) acumula crescimento de 8,5%, ultrapassando a marca de 5,7 milhões de toneladas.
Os portos de Pelotas e Porto Alegre também têm registrado uma grande movimentação no ano de 2017. O porto da Capital registra alta de 31,6% em sua movimentação, chegando à marca de 338.545 toneladas.
Já o porto de Pelotas ultrapassou toda a movimentação de 2016 em apenas cinco meses. O porto pelotense já registra 321.774 toneladas, o que representa 43 mil toneladas a mais do que todo o ano passado.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia