Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, terça-feira, 06 de junho de 2017. Atualizado às 08h23.

Jornal do Comércio

Economia

COMENTAR | CORRIGIR

Mercado Financeiro

Alterada em 06/06 às 08h24min

Bolsas asiáticas fecham sem direção única, cautelosas antes de eventos da semana

As bolsas asiáticas fecharam sem direção única nesta terça-feira (6), com os investidores demonstrando cautela antes de eventos importantes previstos esta semana nos EUA e na Europa.
Na quinta-feira (08), o ex-diretor do FBI James Comey irá depor no Senado em Washington sobre suposta interferência da Rússia durante a campanha eleitoral americana de 2016. No mesmo dia, o Reino Unido realiza eleições gerais e o Banco Central Europeu (BCE) anuncia decisão de política monetária.
Ao mesmo tempo, investidores buscaram segurança no iene, que se fortaleceu em relação ao dólar durante a madrugada e pesou em ações de exportadoras negociadas em Tóquio. O índice japonês Nikkei caiu 0,95% hoje, a 19.979,90 pontos, voltando a ficar abaixo da marca psicológica dos 20 mil pontos.
Já os mercados chineses tiveram ganhos modestos, mas o volume de negócios em Xangai foi o mais fraco em quatro meses, também influenciado pelo ambiente de cautela. O Xangai Composto subiu 0,34%, a 3.102,13 pontos, enquanto o menos abrangente Shenzhen Composto avançou 0,55%, a 1.810,80 pontos.
Fora da China continental, o Hang Seng teve alta de 0,52% em Hong Kong, a 25.997,14 pontos, mas o Taiex recuou 0,20% em Taiwan, a 10.206,18 pontos.
Na Coreia do Sul, um feriado manteve a Bolsa de Seul fechada, enquanto em Manila, o filipino PSEi apresentou queda de 0,60%, a 7.953,12 pontos.
Na Oceania, a bolsa australiana teve baixa significativa de 1,52%, com o S&P/ASX 200 terminando a sessão a 5.667,50 pontos, após corretoras locais reduzirem estimativas de crescimento econômico no primeiro trimestre aos menores níveis desde o terceiro trimestre de 2009. A revisão veio depois de a Austrália divulgar que registrou déficit em conta corrente no período, o primeiro desde 1975.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia