Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, segunda-feira, 03 de julho de 2017. Atualizado às 22h13.

Jornal do Comércio

Jornal da Lei

COMENTAR | CORRIGIR

Solidariedade

Notícia da edição impressa de 04/07/2017. Alterada em 03/07 às 18h53min

Instituto Proteger arrecada doações para instituições que atendem crianças e idosos

Em mais uma ação desenvolvida em prol de crianças, adolescentes e idosos, o Instituto Proteger, em Porto Alegre, lança o Banco de Solidariedade. O objetivo é arrecadar doações para o Amparo Santa Cruz, o Lar Santo Antônio dos Excepcionais e a Pequena Casa da Criança, instituições localizadas em Porto Alegre.
Segundo a presidente do instituto, a advogada Melissa Telles Barufi, a criação do Banco de Solidariedade deve ajudar essas instituições a garantir uma melhor qualidade de vida às pessoas que estão sob suas responsabilidades. "Se cada um se disponibilizar a doar um pouco, logo o Banco de Solidariedade estará cumprindo completamente o seu papel", afirma.
A advogada também explica que as doações são permanentes, e que a primeira entrega deve ocorrer no final de julho. Entre as doações que serão aceitas estão itens como leite integral, leite em pó, farinha láctea e fraldas para crianças e idosos.
As caixas para coleta podem ser encontradas na sede do Instituto Proteger (Avenida dos Andradas, 955/201), e na Fadergs (rua Uruguai, 330). Além disso, voluntários poderão buscar os produtos na casa dos doadores mediante agendamento pelo telefone (51) 99107-8685 ou pelo e-mail [email protected]
 
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia