Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quinta-feira, 22 de junho de 2017. Atualizado às 23h52.

Jornal do Comércio

Automotor

COMENTAR | CORRIGIR

Mercado

Notícia da edição impressa de 23/06/2017. Alterada em 22/06 às 20h22min

Renault credencia o Captur a voos mais altos

O câmbio X-Tronic CVT vem combinado ao motor 1.6 Sce

O câmbio X-Tronic CVT vem combinado ao motor 1.6 Sce


RENAULT/DIVULGAÇÃO/JC
O câmbio X-Tronic CVT está disponível na versão 1.6 SCe do Captur e simula seis marchas - na verdade, não há troca de marchas em uma caixa continuamente variável: sem engrenagens, ela tem polias que se sincronizam para deixar o motor sempre em sua rotação mais eficiente, favorecendo, principalmente, a economia de combustível, além de propiciar uma rodagem silenciosa. A aceleração é contínua, sem "trancos".
O CVT da Renault permite a mudança manual das marchas, por meio da alavanca. Nesse caso, o veículo pode ser conduzido com mais agilidade, especialmente nas ultrapassagens e arrancadas. A transmissão que equipa o Captur é produzida pela Jatco, empresa da Aliança Renault-Nissan, também aplicada em diversos modelos das marcas francesa e japonesa em todo o mundo.
Com a oferta do CVT, a gama do Captur ganha corpo. Há duas opções de motorização e três de transmissão: 1.6 SCe manual, 1.6 SCe X-Tronic CVT e 2.0 16V com câmbio automático convencional de quatro marchas.
A Renault sustenta que as vendas iniciais do Captur estão dentro da expectativa. Porém a chegada da versão 1.6 Sce X-Tronic CVT deve significar um impulso relevante, já que a empresa prevê que a mesma responda por 60% dos emplacamentos do modelo.
Desde a versão de entrada, o Captur traz quatro air bags (dianteiros e laterais), controles eletrônicos de estabilidade e de tração, assistente de partida em rampas, sistema Isofix de fixação de cadeirinhas infantis, direção eletro-hidráulica, volante com regulagem da altura, ar-condicionado, rodas aro 17 polegadas de liga-leve, alarme perimétrico, chave-cartão, luzes diurnas em LED, retrovisores rebatíveis, piloto automático com indicador e limitador de velocidade, entre outros recursos, com preço inicial de R$ 78.900,00. A versão com transmissão continuamente variável parte de R$ 84.900,00.
 
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia