Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, segunda-feira, 08 de maio de 2017. Atualizado às 19h42.

Jornal do Comércio

Política

COMENTAR | CORRIGIR

Prefeitura de Porto Alegre

Alterada em 08/05 às 19h44min

Marchezan afirma que Kevin Krieger continuará no governo até que um novo secretário seja anunciado

Krieger (ao centro), segue Prefeitura até que seja anunciado o nome de um novo secretário

Krieger (ao centro), segue Prefeitura até que seja anunciado o nome de um novo secretário


Ricardo Giusti/PMPA/Divulgação/JC
Carolina Hickmann
O afastamento de Kevin Krieger (PP) da secretaria de Relações Institucionais do governo de Nelson Marchezan Junior (PSDB) na Capital gaúcha foi anunciado na quinta-feira passada (4), mas, de acordo com o prefeito, o secretário seguirá atuando na pasta por tempo indeterminado. “Kevin permanece nas secretarias até que seja viável uma transição calma e construtiva”, afirmou o prefeito, sinalizando que não há pressa na nomeação de um novo secretário.
Desde que o tucano assumiu a prefeitura, Krieger ocupa a titularidade da pasta de Relações Institucionais e a interinidade da Secretaria de Meio Ambiente, que não conta com secretário titular desde o início do governo. Nesse sentido, a saída de Krieger agrava a situação na pasta, responsável pelo licenciamento ambiental.
As sinalizações do governo sugerem que a secretaria terá em seu comando um nome tido como técnico. “Essa é uma área muito conflituosa e precisamos dar grandes saltos”, avalia o prefeito. Para Marchezan, a cidade precisa avançar para não perder mais investidores. “Porto Alegre é uma cidade tranca rua nessa área de licenciamento, na área ambiental e de planejamento urbano e queremos vencer isso”, afirmou, sem citar possíveis nomes.
A transformação da tradicional Secretaria do Meio Ambiente (Smam) em Secretaria do Meio Ambiente e Sustentabilidade causa grande polêmica entre os setores ambientais. O temor é de que a alteração leve a negligência com normas ambientais. Por outro lado, a mudança tem apoio do setor da Construção Civil.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia