Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, terça-feira, 23 de maio de 2017. Atualizado às 22h25.

Jornal do Comércio

Esportes

COMENTAR | CORRIGIR

basquete

Alterada em 23/05 às 22h27min

Bauru bate Pinheiros, vira a série e encara Paulistano na final do NBB

Folhapress
Depois de cinco partidas intensas e recheadas de emoção, saiu o segundo finalista do NBB. Nesta terça-feira (23), no Ginásio Panela de Pressão, no interior paulista, o Bauru levou a melhor sobre o Pinheiros e garantiu sua vaga na decisão da liga nacional contra o Paulistano após uma vitória por 66 a 60.
Além de contar com o apoio dos seus torcedores, o Bauru tinha uma motivação a mais, já que havia vencido os dois últimos jogos, empatando a série e conseguindo forçar uma quinta partida dentro de seus domínios, o que fez toda a diferença.
Assim como na última partida na capital paulista, Jefferson foi o grande nome da vitória do Bauru. O ala mais uma vez chamou a responsabilidade e comandou a equipe do interior com um duplo-duplo, sendo 17 pontos e dez rebotes, além de seis assistências.
Essa seria a primeira decisão do Pinheiros na história do NBB. Nas outras duas vezes em que esteve na fase semifinal, o time foi derrotado pelo Brasília, por 3 a 1, na temporada 2010/11, e 3 a 2, em 2011/12.
Já o Bauru repetiu o histórico recente e chegou às finais pela terceira vez consecutiva, algo só realizado pelos únicos campeões da competição: Brasília e Flamengo. Portanto, o NBB terá uma decisão inédita nesta temporada.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia