Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, terça-feira, 16 de maio de 2017. Atualizado às 22h35.

Jornal do Comércio

Esportes

COMENTAR | CORRIGIR

Série B

16/05/2017 - 21h53min. Alterada em 16/05 às 22h38min

Brasil de Pelotas cede o empate ao Londrina e sai da zona de rebaixamento

Rafinha foi um dos destaques do elenco Xavante

Rafinha foi um dos destaques do elenco Xavante


Carlos Insaurriaga/Brasil de Pelotas/Divulgação/JC
Pela segunda rodada da Série B, o Brasil de Pelotas ficou no empate em 1 a 1 com o Londrina. O duelo ocorreu na noite desta terça-feira (16), no estádio Bento Freitas, em Pelotas. O resultado tirou provisoriamente os gaúchos da zona do rebaixamento.
O Xavante até que criou boas oportunidades no primeiro tempo, tanto que o tento veio aos 33 minutos, quando após a cobrança de lateral, Ícaro colocou a mão na bola. O árbitro Thiago Duarte Peixoto assinalou pênalti. O centroavante Rodrigo Silva cobrou, deslocou o goleiro Zé Carlos, para fazer 1 a 0.
Depois do intervalo, o Tubarão melhorou, controlou boa parte do jogo e empatou com Jonatas Belusso, aos seis minutos.
“A gente tem que pensar pelo lado positivo, criamos, fizemos o gol. Temos 10 dias para trabalhar, acertar o que erramos e nos preparar para o próximo jogo” disse o meia Wagner, do Brasil de Pelotas.
“A gente veio em busca da vitória. Sabíamos que seria um jogo difícil, conseguimos o gol. Levar um ponto para casa é muito bom”, comentou Belusso.
O Xavante volta a jogar pela Série B no dia 26 de maio, no Serra Dourada, contra o Goiás.
Brasil de Pelotas 1 x 1 Londrina
Eduardo Martini; Wender, Leandro Camilo, Evaldo e Marlon; Leandro Leite, João Afonso (Itaqui) e Rafinha (Marcinho); Elias, Rodrigo Silva e Bruno Lopes (Wagner). Técnico: Rogério Zimmermann.
  Zé Carlos; Lucas Ramon, Silvio (Luizão), Matheus e Igor Miranda; Ícaro, Jardel e Celsinho (Rafael Gava); Artur, Jonatas Belusso e Elton Martins (Alisson Safira). Técnico: Cláudio Tencati.
Árbitro: Thiago Duarte Peixoto (SP)
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia