Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, domingo, 07 de maio de 2017. Atualizado às 20h48.

Jornal do Comércio

Esportes

COMENTAR | CORRIGIR

Campeonato baiano

Alterada em 07/05 às 20h54min

Vitória segura o Bahia e volta a ser campeão baiano invicto após 12 anos

Folhapress
O título baiano de 2017 é do Vitória. Depois de um empate por 1 a 1 no jogo de ida, na Fonte Nova, o time rubro-negro segurou o Bahia na tarde deste domingo (7), em um Barradão lotado, e com o empate por 0 a 0 e a vantagem por conta da melhor campanha acabou ficando com a taça do Estadual.
O título, o 29º do clube rubro-negro, ainda veio de forma invicta, algo que não acontecia desde 2005, quando o Vitória também superou o arquirrival Bahia na decisão.
Nem parecia que era o Bahia quem precisava de gol. Na etapa inicial, empurrado pela torcida rubro-negra, o Vitória conseguiu construir e perdeu pelo menos três grandes chances de abrir o placar, duas delas com o atacante David, que voltaria a desperdiçar ótima oportunidade no segundo tempo. Na etapa final, o duelo ficou mais equilibrado. Até pela necessidade do Bahia, que passou a atacar e incomodar mais o gol de Fernando Miguel. Mas o gol não saiu, e a vantagem de jogar por dois empates acabou dando o título ao Vitória.
Logo após ficar sem o título estadual, o Bahia aproveitou o momento para relembrar a semifinal da Copa do Nordeste e provocar o arquirrival. Em seu Twitter, o Bahia postou a seguinte mensagem: "Resultado é insuficiente devido ao regulamento do Estadual. Na competição que importava, eliminamos eles e estamos na final do Nordestão".
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia