Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, domingo, 07 de maio de 2017. Atualizado às 19h18.

Jornal do Comércio

Esportes

COMENTAR | CORRIGIR

campeonato gaúcho

07/05/2017 - 18h26min. Alterada em 07/05 às 19h21min

Nos pênaltis, Novo Hamburgo leva título inédito no Campeonato Gaúcho

Em decisão emocionante, o anilado do Vale do Sinos marcou 3 a 1 em cima do Internacional

Em decisão emocionante, o anilado do Vale do Sinos marcou 3 a 1 em cima do Internacional


MARCELO G. RIBEIRO/JC
Após 106 anos de espera, o Novo Hamburgo levou a taça do Campeonato Gaúcho 2017. Em decisão emocionante nos pênaltis, o anilado do Vale do Sinos derrotou o Internacional por 3 a 1, após empate no tempo normal em 1 a 1. O Novo Hamburgo tinha o mando de campo, mas a partida deste domingo (7) foi disputada em Caxias do Sul, no Estádio Centenário, por conta da capacidade reduzida do Estádio do Vale. 
No tempo regular, o Novo Hamburgo saiu na frente. Aos 21 minutos do primeiro tempo, após cruzamento de Assis, Ernando desviou contra e marcou para o time adversário: 1 a 0 para o Nóia.
A recuperação da equipe colorada veio aos 3 minutos do segundo tempo, quando Rodrigo Dourado marcou para o Inter, aproveitando bola que sobrou na área após disputa entre Léo e Brenner.
O placar empatado em 1 a 1 levou a decisão para os pênaltis. João Paulo, Júlio Santos e Pablo bateram e marcaram para o Novo Hamburgo. Do lado do Inter, apenas William converteu a sua cobrança.
O travessão foi o grande rival das equipes nos pênaltis. Léo, do Novo Hamburgo, e D'Alessandro e Cuesta, do Inter, acertaram suas cobranças na trave superior. Nico Lopéz também desperdiçou sua chance, defendida pelo goleiro Matheus. 
No placar final, Novo Hamburgo 3 a 1, deu ao Anilado o primeiro título gaúcho de sua centenária história. A taça foi levantada pelo capitão Preto, símbolo do clube do Vale do Sinos, junto à torcida que compareceu ao Centenário. 
Novo Hamburgo 1 (3) x 1 (1) Internacional
Matheus Cavichioli, Léo, Pablo, Júlio Santos, Assis (Léo Carioca), Amaral, Jardel, Preto, Juninho Silva, Branquinho (Lucas Santos), João Paulo. Técnico: Beto Campos
Danilo Fernandes, William, Léo Ortiz, Víctor Cuesta, Ernando (Carlos) (Diego), Rodrigo Dourado, Edenílson (Valdívia), Uendel, D'Alessandro, Nico López, Brenner. Técnico: Antônio Carlos Zago
Árbitro: Leandro Vuaden
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia