Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quarta-feira, 31 de maio de 2017. Atualizado às 17h28.

Jornal do Comércio

Economia

COMENTAR | CORRIGIR

varejo

Alterada em 31/05 às 17h35min

Índice de preços do varejo na internet cede 0,16% em abril

O índice que mede a variação dos preços no varejo online recuou 0,16% em abril, após subir 1,05% em março, informaram o Instituto Brasileiro de Executivos de Varejo e Mercado de Consumo (Ibevar) e o Programa de Administração de Varejo (Provar). Em 12 meses até abril, a deflação ficou em 0,82%, de 0,79% aferida até março. No acumulado de janeiro até o mês passado, o índice apontou queda de 0,50%, mais acentuada que o recuo de 0,35% até o terceiro mês deste ano.
Por segmentos, houve deflação nos preços de Eletrodomésticos (-0,51%); Informática (-2,29%); Brinquedos (-2,32%); Livros (-2,93%); e Medicamentos (-8,46%). Nas demais cinco categorias analisadas, os preços avançaram: Telefonia e Celulares (0,29%); CD's e DVD's (0,47%); Eletroeletrônico (5,52%); Perfumes e Cosméticos (10,43%); e Cine e Foto (15,02%).
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia