Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quarta-feira, 17 de maio de 2017. Atualizado às 08h08.

Jornal do Comércio

Economia

COMENTAR | CORRIGIR

mercado financeiro

Alterada em 17/05 às 08h10min

Bolsa de Tóquio fecha em baixa, em meio a crise política nos EUA

A Bolsa de Tóquio fechou em baixa nesta quarta-feira, à medida que incertezas políticas nos EUA enfraqueceram o dólar em relação ao iene e pressionaram os juros dos Treasuries durante a madrugada.
O índice Nikkei caiu 0,53%, encerrando o pregão na capital japonesa a 19.814,88 pontos.
Nos últimos dias, voltaram a surgir dúvidas sobre a capacidade do presidente dos EUA, Donald Trump, de aprovar amplas reformas no Congresso americano, em meio a uma crise política gerada por notícias de que o republicano compartilhou informações confidenciais durante encontro com autoridades russas na Casa Branca, na semana passada, e de que teria pedido ao ex-diretor do FBI James Comey que encerrasse uma investigação sobre o ex-assessor de segurança nacional Michael Flynn.
A valorização do iene frente ao dólar pesou em ações de exportadoras negociadas em Tóquio, caso das montadoras Honda (-1,01%) e Toyota (-0,97%).
Já a queda nos rendimentos dos Treasuries prejudicou seguradoras japonesas, que são grandes investidoras em papéis de dívida. A Dai-ichi Life e a T&D Holdings sofreram tombos de 3,95% e 3,59%, respectivamente.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia