Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, segunda-feira, 15 de maio de 2017. Atualizado às 11h16.

Jornal do Comércio

Economia

COMENTAR | CORRIGIR

bancos

Alterada em 15/05 às 11h20min

Banrisul tem lucro líquido de R$ 128,5 milhões no 1º trimestre de 2017

Patrimônio líquido atingiu R$ 6,5 bilhões no mês de março

Patrimônio líquido atingiu R$ 6,5 bilhões no mês de março


MARCELO G. RIBEIRO/JC
O Banrisul informou nesta segunda-feira (15) que registrou lucro líquido de R$ 128,5 milhões no primeiro trimestre de 2017. O resultado recorrente alcançou R$ 183,3 milhões, 2,5% abaixo do apurado no mesmo trimestre de 2016. Já a rentabilidade anualizada sobre o patrimônio líquido médio foi de 11,8%.
De acordo com o banco, o desempenho no primeiro trimestre do ano, reflete a relativa melhora do ambiente de risco visto em 2016, além dos impactos do lançamento do Plano de Aposentadoria Voluntária, instituído em fevereiro de 2017, para incentivar o desligamento de empregados aptos à aposentadoria oficial e complementar.
O patrimônio líquido atingiu R$ 6,5 bilhões em março de 2017, expansão de R$ 162,1 milhões ou 2,6% em um ano. Os ativos totais apresentaram saldo de R$ 68,9 bilhões em março de 2017, crescimento de 4,4% em relação a março de 2016. O total de recursos captados e administrados, em março de 2017, registrou saldo de R$ 57,4 bilhões. Os depósitos totais alcançaram R$ 43,1 bilhões no período, com incremento de 14,6% ou R$ 5,5 bilhões em 12 meses. O saldo das operações de crédito do Banrisul totalizou R$ 30,5 bilhões em março de 2017, com decréscimo de 2,7% nos 12 meses.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia