Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, domingo, 14 de maio de 2017. Atualizado às 22h33.

Jornal do Comércio

Economia

COMENTAR | CORRIGIR

tecnologia

14/05/2017 - 22h12min. Alterada em 14/05 às 22h33min

Para advogado da Microsoft, parte da culpa pelo ataque virtual é do governo

O principal advogado da Microsoft, Brad Smith, está colocando parte da culpa pelo ataque virtual ocorrido na sexta-feira no governo dos Estados Unidos. Ele criticou as agências de inteligência norte-americanas, a CIA e a Agência de Segurança Nacional, por armazenarem o código de um software que pode ser usado por hackers.
Especialistas em segurança cibernética dizem que os hackers que lançaram os ataques com o uso de ransomware utilizaram uma vulnerabilidade que foi exposta pela Agência de Segurança Nacional em documentos que vazaram online.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia