Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quinta-feira, 11 de maio de 2017. Atualizado às 10h48.

Jornal do Comércio

Economia

COMENTAR | CORRIGIR

aviação

Alterada em 11/05 às 10h49min

Oferta da Gol no mercado doméstico cresce 3,2% em abril; demanda avança 7,4%

Taxa de ocupação total no mês ante igual intervalo de 2016 ficou em 79,0%

Taxa de ocupação total no mês ante igual intervalo de 2016 ficou em 79,0%


YASUYOSHI CHIBA/AFP/JC
A Gol fechou abril com aumento na oferta total de 2,6% em relação ao mesmo período de 2016, conforme números prévios divulgados nesta quinta-feira (11). A companhia afirma que esse resultado se deve ao aumento na etapa média de voo em 8,8%.
Já a demanda teve alta de 6,9% em igual comparação. O volume total de decolagens reduziu 6,2% e o total de assentos disponibilizados ao mercado diminuiu 5,6%. A taxa de ocupação total no mês ante igual intervalo de 2016 ficou em 79,0%, 3,2 pontos porcentuais acima.
No mercado doméstico, por sua vez, a oferta teve aumento de 3,2% e a demanda de 7,4% no mês, de modo que a taxa de ocupação subiu 3,1 p.p. para 79,2%.
No mercado internacional, a oferta teve queda de 1,5% e a demanda cresceu 3,2%. A taxa de ocupação foi a 78,0%, alta de 3,6 p.p. sobre abril de 2016.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia