Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, terça-feira, 09 de maio de 2017. Atualizado às 15h18.

Jornal do Comércio

Colunas

COMENTAR | CORRIGIR
Carlos Pires de Miranda

De Olho na tevê

Notícia da edição impressa de 09/05/2017. Alterada em 08/05 às 21h32min

Noia derruba preconceito

Se a campanha que o Novo Hamburgo cumpriu no Gauchão fosse de Inter ou Grêmio, alguém hesitaria em afirmar que um deles seria favorito nas finais? Claro que não, a supremacia da dupla é histórica, prega no deserto quem torce pelo surgimento de alguma terceira força - como há décadas tenta este colunista. Pois o Noia superou tudo isso, mas precisou provar, jogo a jogo, que seus resultados não ocorriam apenas por sorte ou qualquer outro fator estranho ao campo. Venceu na bola, invicto contra gigantescos adversários, um incontestável campeão.
Os pênaltis fizeram justiça
Já manifestei meu desagrado quanto a decidir título dessa forma. No caso do Noia, a justiça se fez: o desempenho de seus cobradores - será que o Inter não achou tempo para treinar? - retratou a mesma superioridade demonstrada a cada rodada e nas etapas finais do Gauchão. Venceu o melhor, mas em campeonatos como o nosso não se precisaria chegar a esse extremo: mais justo seria, em caso de igualdade nas finais, dar vantagem ao clube de melhor campanha. Talvez assim Inter e Grêmio não tratassem o Gauchão com desdém, achando que vão ganhar na hora que quiserem.
E na Série B, como vai ficar?
É um questionamento que procede: se não aguentou um time de Série D, como o Inter vai se virar na B? Continuo achando que não haverá dificuldades insuperáveis, mesmo sem brilhar o Inter voltará à divisão principal. Zago ainda não achou o futebol que o elenco pode jogar, embora a direção tenha ido além das expectativas nas contratações. Acredito muito em Pottker, goleador do Paulistão, como a peça que falta na frente. A defesa, bem, além da emergencial vinda de um goleiro (o campeão Matheus seria adequado), a lateral-direita e a zaga vão precisar de reforços. O restante da equipe joga no embalo - se o técnico ajudar.
Renato, já vai?
Ainda não, tomara que ele aguente até o final do ano a pressão por bons resultados e, especialmente, a reclusão a que se vê forçado em Porto Alegre. Jogador não gosta de concentração? Pois imagine um cara como Renato, ao invés da dolce vita que normalmente desfruta nas areias cariocas, trancado em um quarto de hotel de Porto Alegre, de onde só sai para jogos, ou comandar treinos, ou viajar com o time. No Rio vive tanta gente famosa que o assédio não chega a incomodar, mas aqui...
Juca nocauteia Roger
Um é o Kfouri, outro o ex-jogador e novel apresentador do SporTV. O técnico Eduardo Baptista, sem citar nome, desancou o jornalista, por este prognosticar sua queda, "em razão de ter perdido o comando do grupo". No estúdio, Roger aplaudiu e afirmou que "o recado foi para um que se diz jornalista, mas é covarde e sem vergonha". Juca apenas lembrou que, em 2005, decidindo vaga pela Copa do Brasil, Roger errou um pênalti de propósito, para derrubar o treinador Passarella no Corinthians, ato que, rindo, confessou na tevê. Baptista? Ele caiu em menos de uma semana, Cuca já voltou ao Palmeiras.
 
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Dorian R. Bueno 09/05/2017 14h50min
PENSAMENTO DO DIA DE UM COLORADO REALISTA !!!nnTodos os últimos seis títulos conquistados pelo o nosso grandioso Internacional aqui no Rio Grande do Sul, foram com treinadores diferentes e jogadores de todos os tipos. O treinador ACZ pelas escalações e substituições feitas durante todo o Gauchão, não quis ser rotulado como o treinador do Hepta Campeonato Gaúcho pelo Internacional. Passou este primeiro objetivo somente tentando encontrar o time certo para suas convicções misteriosas. Ficou claro que prefere disputar com estes mesmos jogadores e outros que serão acrescentados a Série B, Copa do Brasil e no final do ano subir para a Séria A. Quem sabe ele pensa que será mais fácil e muito mais importante para o seu C.V. subir, do que se misturar com estes fatos e títulos do passado? Vai entender a sua metodologia de treinamento com jogadores que já são pré-históricos dentro do elenco do Internacional. Abs. Dorian Bueno, POA, 09.05.2017nn
Dorian R. Bueno 09/05/2017 11h34min
OS GRINGOS COLORADOS TREMERAM E CHORARAM NO FINAL !!!nnOs gringos Colorados de três dígitos, simplesmente tremeram na final durante o jogo e quando foram bater os seus ridículos pênaltis. PÊNALTI é como o primeiro beijo, sexo, andar de bicicleta. Basta ver o Brenner chutando os seus pênaltis que veremos o carinho que ele trata a BOLA ali naquele momento tão íntimo. Ficou claro para quem assistiu as cobranças das penalidades do DAlessandro e Cuesta, que treinaram durante a semana o BOLA NA TRAVE, e o Nico como acertar o Goleiro ao invés do chutar dentro do GOL. PARABÉNS AO CAMPEÃO NOIA do GRANDE BETO CAMPOS, que também treinou durante a semana alguns PÊNALTIS. nnAbs. Dorian Bueno, Poa, 09.05.2017n
Dorian R. Bueno 09/05/2017 10h17min
TORCEDORES COLORADOS !!!nSegue abaixo um resumo bem organizado de tudo que Deus colocou dentro do meu coração, sobre este ÚLTIMO DOMINGO DE FUTEBOL QUE TIVEMOS EM 2017.nPRÓXIMOS CAPÍTULOS DA VIDA COLORADA !!!nnExistem times muito melhores que o Novo Hamburgo, por isto estão na séria B e o NOIA na D. Creio que veremos muitos jogos complicados até o final do ano. Até ontem o ACZ era o técnico, agora depois do próximo sábado já não sei. Ele já é BI VICE CAMPEÃO GAÚCHO, lá no Grêmio faz tempo que ninguém é. Pelo o que vi domingo o time foi treinado com algumas novas jogadas; como fazer GOL CONTRA, BOLA NA TRAVE, CHUTAR NA MÃO DO GOLEIRO, e como receber uma TAÇA DE VICE, já que fazia tempo que isto não acontecia. Ainda não temos um time confiável, temos um monte de jogadores perdidos dentro do campo. Que venha agora a tão disputada e longa SÉRIE B, para testar o COLORADO VICE CAMPEÃO GAÚCHO 2017.nAbs. Dorian Bueno, POA, 09.05.2017n
Dorian R. Bueno 09/05/2017 09h55min
COLORADOS FOI APENAS + UM BAC !!!nnO time COLORADO sofreu mais um BAC, BAITA ATRASADA DE CABEÇA, mas isto acontece todos os dias por aí e não podemos ficar tristes, por que o Internacional perdeu o título do Gauchão de 2017. Bah Tchê ELES também caíram fora bem antes nos PÊNALTIS, e para este mesmo NOIA. Desde o início sabíamos da falta de confiança que iniciamos a competição, e aos trancos e barrancos o time foi sendo montado sem encantar dentro do campo. Nós aqui sofremos mais um BAC em nossa vontade de comemorar este Hepta, que escapou por culpa do treinador ACZ e alguns jogadores. Os dirigentes desta vez até trabalharam bastante e falaram bem pouquinho. Parabéns ao treinador BETO CAMPOS e o seu GRANDE Novo Hamburgo, que treinaram PÊNALTIS e como levantar a TAÇA do GAUCHÃO. Graças a Deus mesmo EU sendo um humilde escritor e torcedor Colorado, estou vivo e feliz, por que estou aqui inspirado para continuar escrevendo sempre bem mais por aí, por que estas palavras são os meus GOLS de PLACAS... Abs. Dorian Bueno, Poa, 09.05.2017n