Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, domingo, 02 de abril de 2017. Atualizado às 22h35.

Jornal do Comércio

Política

COMENTAR | CORRIGIR

Senado

Notícia da edição impressa de 03/04/2017. Alterada em 02/04 às 21h08min

Fachin determina que Lasier Martins deixe residência

A acusação da jornalista Janice Santos, esposa do senador gaúcho Lasier Martins (PSD), de ter sofrido agressão física e psicológica do marido já teve a primeira decisão do Supremo Tribunal Federal (STF). O ministro Luiz Edson Fachin determinou que o senador terá que se mudar de casa e está proibido de se aproximar ou fazer contato com a esposa até o final das investigações.
Fachin concedeu as medidas protetivas de segurança, com base na Lei Maria da Penha, após Janice denunciar o senador na Delegacia Especial de Atendimento à Mulher (Deam). Na sexta-feira, a Deam havia encaminhado ao Supremo um pedido de investigação sobre Lasier. Como senadores só podem ser investigados no Supremo, devido à prerrogativa de foro por função, o boletim de ocorrência foi encaminhado diretamente à Corte.
Por meio de nota, Lasier Martins negou o episódio e informou que está em processo judicial de separação litigiosa no Foro do Distrito Federal. Diz que não houve a alegada agressão física.
O caso segue para a Procuradoria-Geral da República, que analisará se abre inquérito contra o parlamentar.
 
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia