Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, terça-feira, 25 de abril de 2017. Atualizado às 10h17.

Jornal do Comércio

Internacional

COMENTAR | CORRIGIR

paraguai

Alterada em 25/04 às 10h18min

Chega a oito o número de suspeitos presos no Paraná após assalto no Paraguai

Agência Brasil
Oito pessoas foram presas, até agora, no Paraná suspeitas de participar do assalto milionário na segunda-feira (24) à sede da empresa de transportes de valores Prosegur, em Ciudad del Este, no Paraguai. De acordo com informações divulgadas nesta terça-feira (25) pela Polícia Federal, as buscas na região de Foz do Iguaçu resultaram na apreensão de seis fuzis, munições, dois barcos e sete veículos.
Nessa segunda-feira, um grupo de cerca de 50 pessoas assaltou a sede da empresa na tríplice fronteira com o Brasil (Foz do Iguaçu) e a Argentina (Puerto Iguazú), para roubar cerca de US$ 40 milhões (cerca de R$ 125 milhões). O dinheiro estava guardado em um cofre, que foi aberto com uso de explosivos e fuzis antiaéreos.
A Polícia Federal também confirmou que três suspeitos morreram durante confrontos com as forças de segurança no município paraguaio. Uma entrevista coletiva será concedida na Delegacia de Polícia Federal em Foz do Iguaçu para detalhar as buscas.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia