Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, terça-feira, 18 de abril de 2017. Atualizado às 09h43.

Jornal do Comércio

Internacional

COMENTAR | CORRIGIR

reino unido

18/04/2017 - 08h42min. Alterada em 18/04 às 09h47min

Premiê britânica quer antecipar eleições gerais para 8 de junho

Anúncio de Theresa May foi feito nesta terça-feira

Anúncio de Theresa May foi feito nesta terça-feira


DANIEL SORABJI/AFP/JC
A primeira-ministra do Reino Unido, Theresa May, anunciou nesta terça-feira (18) que irá convocar eleições gerais antecipadas para 8 de junho, numa iniciativa que lhe dará maior margem de manobra para as negociações sobre o chamado "Brexit" - processo de retirada do país da União Europeia - caso ela seja vitoriosa.
May, que assumiu o poder em julho, pouco tempo depois de os britânicos votarem a favor do Brexit, tem maioria parlamentar de 17 legisladores.
Pesquisas de opinião sugerem que May poderá ampliar sua maioria significativamente numa eleição. Com isso, a premiê teria mais campo de manobra nas discussões com a UE e ficaria menos dependente do apoio dos eurocéticos de seu Partido Conservador, que defendem um rompimento completo com o bloco.
Uma eventual eleição não deve atrasar as negociações sobre o Brexit porque o diálogo só terá início quando os demais 27 integrantes da UE chegarem a uma posição em comum, o que deverá exigir várias semanas.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia