Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, domingo, 16 de abril de 2017. Atualizado às 22h33.

Jornal do Comércio

Internacional

CORRIGIR

Coreia do Norte

Notícia da edição impressa de 17/04/2017. Alterada em 16/04 às 20h38min

Para Pence, lançamento de míssil de Pyongyang expõe riscos enfrentados por militares

O vice-presidente dos Estados Unidos, Mike Pence, disse ontem que a "provocação" da Coreia do Norte revelou os riscos enfrentados pelos militares norte-americanos e da Coreia do Sul. Pence desembarcou em Seul como parte de uma viagem de dez dias à Ásia. Pouco antes de sua chegada, Pyongyang havia conduzido uma tentativa frustrada de lançamento de míssil.
Enquanto o vice norte-americano estava voando sobre o Estreito de Bering, que liga os oceanos Pacífico e Ártico, o míssil explodiu durante o lançamento, segundo informações de autoridades de Washington e Seul. O lançamento fracassado representou uma grande falha, que ocorreu no momento em que um porta-aviões norte-americano se aproximava da Península da Coreia.
CONTINUE LENDO ESTA NOTÍCIA EM NOSSA EDIÇÃO PARA FOLHEAR
CLIQUE AQUI PARA ACESSAR
CORRIGIR
Seja o primeiro a comentar esta notícia