Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quarta-feira, 12 de abril de 2017. Atualizado às 00h41.

Jornal do Comércio

Internacional

COMENTAR | CORRIGIR

Venezuela

Notícia da edição impressa de 12/04/2017. Alterada em 12/04 às 00h28min

Manifestante é morto por policial durante protesto

Um estudante de Direito de 20 anos foi morto pela polícia na noite de segunda-feira enquanto participava de um protesto contra o presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, na cidade de Valencia. Daniel Queliz é o primeiro manifestante a morrer na onda de atos da oposição, iniciada há 12 dias. Outras duas pessoas sem relação com as mobilizações morreram em meio à repressão das forças de segurança.
Segundo testemunhas, o universitário fazia parte de um grupo que cercou uma base policial perto de um condomínio. Os agentes reagiram usando munição letal, em vez de balas de borracha.
CONTINUE LENDO ESTA NOTÍCIA EM NOSSA EDIÇÃO PARA FOLHEAR
CLIQUE AQUI PARA ACESSAR
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia