Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, terça-feira, 04 de abril de 2017. Atualizado às 08h39.

Jornal do Comércio

Internacional

COMENTAR | CORRIGIR

Síria

04/04/2017 - 08h25min. Alterada em 04/04 às 08h41min

Suposto bombardeio com gases na Síria deixa 58 mortos

Alguns dos feridos por este ataque apresentavam sintomas de asfixia

Alguns dos feridos por este ataque apresentavam sintomas de asfixia


Mohamed al-Bakour/AFP/JC
Agência Brasil
Pelo menos 58 pessoas morreram nesta terça-feira (4), entre elas 11 menores, e dezenas ficaram feridas em um suposto bombardeio químico na cidade de Jan Shijun, na província de Idlib, na Síria, segundo o Observatório Sírio de Direitos Humanos.
Citando fontes médicas e ativistas, o observatório disse que alguns dos feridos por este ataque perpetrado por aviões não identificados apresentavam sintomas de asfixia, vômitos e dificuldades de respiração.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia