Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, terça-feira, 25 de abril de 2017. Atualizado às 23h17.

Jornal do Comércio

Geral

COMENTAR | CORRIGIR

Saúde

Notícia da edição impressa de 26/04/2017. Alterada em 25/04 às 21h35min

Com dentistas e médicos, Centro Modelo abre até 22h

Unidade terá oito médicos disponíveis para atendimentos noturnos

Unidade terá oito médicos disponíveis para atendimentos noturnos


CLAITON DORNELLES /JC
Igor Natusch
Desde ontem, o Centro de Saúde Modelo, no bairro Santana, em Porto Alegre, está atendendo pacientes entre 18h e 22h. É a segunda unidade municipal de saúde a estender o horário de funcionamento na Capital, uma das bandeiras de campanha do atual prefeito Nelson Marchezan Júnior. A previsão, segundo o secretário municipal de Saúde, Erno Harzheim, é de cerca de 70 atendimentos a cada noite, entre consultas médicas e odontológicas, aplicação de vacinas - em especial para gripe - e coleta de exames.
Para dar conta dos atendimentos noturnos, que serão realizados por ordem de chegada, estão escalados oito médicos, seis técnicos de enfermagem, dois dentistas e três enfermeiros. No horário estendido, qualquer pessoa pode ser atendida. Entre 7h e 18h, as consultas vão continuar exclusivas para o público de referência, mediante cadastro.
"Essa unidade de saúde foi uma das primeiras da cidade e não foi fundada com o nome 'modelo' por acaso. Queremos que ela seja realmente modelo para a saúde da cidade, que tenha os melhores profissionais, os melhores técnicos", acentua Harzheim. Outro motivo para a escolha da unidade, admite o secretário, foi a exposição recente na mídia, com imagens de longas filas de espera ganhando espaço nos noticiários. "A saúde em Porto Alegre ainda está no século XX. Mas todo nosso esforço é para mudar isso", garante.
A farmácia da unidade também ficará aberta até as 22h. No primeiro mês do novo horário, a disponibilidade será apenas para quem realizar consultas. A partir do final de maio, a retirada noturna de medicamentos estará aberta para toda a comunidade. Como forma de garantir a segurança, uma unidade móvel da Guarda Municipal vai ficar todas as noites próxima ao local, até o encerramento das atividades.
A experiência no posto de saúde São Carlos, primeiro a atender à noite, é avaliada pela prefeitura como positiva. A procura teria superado a expectativa inicial, com cerca de 55 atendimentos sendo realizados todas as noites no local. Foi necessário disponibilizar mais um médico para o horário, além de reforçar a equipe de apoio.
A partir desta semana, a secretaria pretende iniciar uma campanha para atrair profissionais que desejem atuar, de forma voluntária (sem receber salário), em unidades com horário estendido. A ideia é priorizar o atendimento odontológico, e eventuais selecionados passarão por um período de treinamento antes de serem colocados em contato direto com os pacientes.
Harzheim considera que a meta do Executivo, de efetivar oito unidades com horário extra até o fim do mandato, está sendo cumprida. Mas não descarta abrir uma terceira unidade até as 22h, ainda em 2017. "Temos apoio financeiro do governo estadual, mas é preciso construir condições operacionais para isso, escolher o local, investir em equipamento e estrutura. Não é algo simples, mas talvez tenhamos boas surpresas ainda este ano." 
Durante sua fala, Marchezan colocou a saúde entre as prioridades para este ano, ao lado da segurança pública, e garantiu que todas as rubricas para a pasta serão cumpridas. "Saúde é algo que está além dos interesses ideológicos e partidários. Vai melhorar aos pouquinhos, um pouco a cada dia", assegurou.
 
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia