Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, terça-feira, 18 de abril de 2017. Atualizado às 14h13.

Jornal do Comércio

Geral

COMENTAR | CORRIGIR

Prefeitura de Porto Alegre

14/04/2017 - 14h01min. Alterada em 14/04 às 16h36min

Tele Táxi Cidade vai transportar servidores da prefeitura de Porto Alegre

Os táxis terão de repassar relatórios do uso do transporte para cruzar com geração de imposto

Os táxis terão de repassar relatórios do uso do transporte para cruzar com geração de imposto


SILVIO WILLIAMS/ARQUIVO/JC
A Tele Táxi Cidade, que tem a maior frota do transporte em Porto Alegre, venceu a concorrência para transportar servidores da prefeitura de Porto Alegre. A cooperativa ofereceu 7% de desconto em relação ao taxímetro no pregão eletrônico realizado pela prefeitura para contratação do serviço, que substituirá o uso de carros locados pela prefeitura.
O superintendente da Central de Licitações da Secretaria Municipal da Fazenda (Celic), José Otávio Ferraz, diz que os táxis vão atender secretarias, autarquias e fundações. O prefeito Nelson Marchezan Júnior (PSDB) anunciou em fevereiro que iria buscar a solução para reduzir os gastos, que teriam sido demais de R$ 40 milhões em 2016. 
"Esta é mais uma medida de inovação e tecnologia do governo. É um projeto pioneiro no país: o táxi corporativo público", disse o diretor-presidente da EPTC, Marcelo Soletti. Em São Paulo, o prefeito João Doria (PSDB) lançou decreto que permite serviços de transporte pessoal por meio de aplicativos. A prefeitura informou que o sistema permitirá o controle de origem e de destino, por meio de GPS, dos deslocamentos. Só serão pagos os  trajetos realizados. A cooperativa terá de repassar à Secretaria Municipal da Fazenda dados das corridas para cruzamento com a arrecadação do ISSQN sobre os serviços prestados.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Thiago Zenon Cigerza 18/04/2017 14h14min
Nao é o taxista que dara o desconto e sim a empresa Tele Taxi Cidade quando for emitir a nota fiscal a prefeitura. E a empresa nao é cooperativa e sim privada.
Bruno Souza 15/04/2017 16h50min
Curioso...Lei 11582 DE 21/02/2014 CAPÍTULO II-DISPOSIÇÕES GERAIS Seção VIII-Da Tarifa Art. 38.A contraprestação pelo Serviço Público de Transporte Individual por Táxi executado consistirá no pagamento de tarifa pelos passageiros, conforme valores indicados no taxímetro.n§ 4º É vedado ao taxista praticar qualquer tipo de desconto na tarifa indicada no taxímetro. Temos uma lei sobre um serviço que nem a prefeitura pratica. Qual o intuito de proibir o taxista de dar desconto?? Quanto atraso.
Alegiandro 14/04/2017 15h23min
Marajás ...., servidores deveriam andar de anibus e bicicleta para planejar melhor transportes coletivos ....