Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, segunda-feira, 10 de abril de 2017. Atualizado às 17h41.

Jornal do Comércio

Geral

COMENTAR | CORRIGIR

clima

Alterada em 10/04 às 17h42min

Chuva desabriga mais de cem famílias no interior do Rio Grande do Sul

Casas ficaram com água na metade da parede, com todos os móveis, mantimentos e eletrodomésticos inutilizados

Casas ficaram com água na metade da parede, com todos os móveis, mantimentos e eletrodomésticos inutilizados


PREFEITURA DE SANTA ROSA/DIVULGAÇÃO/JC
Agência Brasil
Mais de cem famílias tiveram que deixar suas casas no último fim de semana, na cidade de Santa Rosa, no noroeste do Rio Grande do Sul. O município foi atingido por fortes chuvas que provocaram alagamentos em vários bairros e na zona rural, na madrugada de sábado para domingo.
Segundo a Prefeitura de Santa Rosa, o volume de precipitação foi de 207 milímetros de chuva em um período de apenas 18 horas. A maior parte dos casos foi registrada às 2h e às 4h da madrugada de domingo, período em que a chuva caiu com mais intensidade.
"Algumas casas ficaram com água na metade da parede, com todos os móveis, mantimentos e eletrodomésticos inutilizados. Em poucos minutos, alagou tudo; não teve como as pessoas retirarem tudo", disse a secretária de Desenvolvimento Social do município, Ivete Corrêa. A prefeitura chegou a ofereceu o Centro de Eventos da cidade para abrigar as famílias atingidas, mas segundo Ivete, elas preferiram ficar em casas de parentes e amigos enquanto se recuperam dos estragos.
O volume de chuva também provocou enchente nos rios Pessegueiro e Pessegueirinho, que passam por Santa Rosa. Parte das famílias atingidas moravam em casas às margens dos cursos d'água. Segundo a secretária, quatro pontes de escoamento de safra na zona rural do município foram arrancadas pela correnteza provocada pelas chuvas.
A Defesa Civil de Santa Rosa ainda avalia os estragos para estimar o tamanho do prejuízo causado pela tempestade do fim de semana. A prefeitura do município já realiza campanhas de arrecadação de alimentos, roupas e móveis em vários pontos da cidade, especialmente em supermercados.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia